A Sua Liberdade Termina Quando Começa A Do Outro

RESPEITO

(…) Estamos vivendo em um mundo em que as pessoas querem se dar bem em todas as situações a qualquer custo, elas querem sempre estar por cima, mas não por se acharem merecedoras, porque a falta de amor próprio nessas pessoas que não têm o mínimo de bom senso é tanta que estar por cima, se dar bem, é o jeito que elas encontram de dizer “vejam, eu consigo; olhem para mim, eu estou aqui”, enquanto elas mesmas não se olham, não se aceitam e acreditam que precisam agir dessa forma para chamar atenção.

Essas pessoas já deixaram de sentir há muito tempo, de SE sentir. A culpa? Podemos culpar a sociedade, a cultura, os pais, na real, podemos culpar até o Papa se quisermos. Se existe algum culpado, não adianta saber agora, as pessoas perdem muito mais tempo culpando as outras do que resolvendo o problema.

Está na hora de acordar, você não precisa provar a sua capacidade para ninguém, pare de querer chamar a atenção das pessoas que isso é chato, as pessoas se cansam, pare de invadir o espaço do outro, isso não vai fazer ninguém gostar mais de você. Tenha bom senso.
Quando a pessoa estiver sentada no computador, não queira saber o que ela está fazendo, se ela quiser te mostrar ela vai fazer isso.

Não mexa naquilo que não é seu. Não aponte o erro do outro, deixa que ele se resolva. Quando a pessoa estiver conversando com alguém não fique grudado escutando a conversa. Se ouvir um não, não faça birrinha, não aja com uma criança imatura, que você não é. Não abrace alguém quando estiver suado, seu corpo libera odores e isso é natural, mas ninguém é obrigado a sentir.

São coisas simples que farão com que as pessoas te enxerguem com outros olhos. É entender que tudo nessa vida tem limites, você pode fazer com a sua vida o que bem entender desde que não afete outras pessoas.

Pense nisso! Não dói, eu juro!   Aline Carnicelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *