Abaixo O Mau Humor

1

Um interessante artigo de uma revista especializada em psicologia, nos dá conta que uma das características mais comuns de pessoas “inteligentes” tanto de Q.I. quanto emocionalmente é o Bom Humor.

Pessoas mal humoradas, rabugentas, que vivem “emburradas” como se diz no interior, são pessoas carentes, emocionalmente inseguras, pobres de espírito. Pessoas com as quais ao se conversar ou tratar temos que saber antes como está o seu humor, são pessoas fadadas ao fracasso no relacionamento interpessoal e portanto distantes do sucesso que tanto almejam.

Abaixo o Mau Humor!

Nada, absolutamente nada, justifica o mau humor no trabalho, na família, nas relações sociais. Ele só serve para afastar as pessoas. Chefes mal humorados distanciam-se de seus subordinados que com eles não querem falar, não querem comentar nada, evitam falar das coisas sérias do trabalho. Subordinados mal humorados são horríveis. Os chefes acabam evitando essas pessoas e a cada dia que passa elas ficam mais distantes de uma promoção, criando um círculo vicioso – mau humor = fracasso = mau humor pelo fracasso.

As  pessoas que têm uma tendência para o mau humor devem fazer um esforço adicional para vencê-lo. Pessoas mal humoradas tratam mal outras pessoas e isso deve ser evitado a qualquer custo. Pessoas mal humoradas são, via de regra, igualmente “reclamonas”, sentem-se injustiçadas e tem um sentimento de auto-piedade que não pode ter lugar nos dias de hoje em que precisamos ter relações sociais positivas, proativas.

Nesta semana, gostaria que você fizesse uma auto-análise e visse se você, seja chefe ou subordinado, não está “viciado” em ser mal humorado. Há pessoas que pensam que ser mal humorado seja sinônimo de “seriedade”. Nada mais falso. Lembre-se que o bom humor é um dos mais visíveis sinônimos de inteligência.

Prof. Luiz Marins: Antropólogo, professor e consultor de empresas no Brasil e no exterior, 25 livros (também disponível em vários países da América Latina e Europa) e mais de 300 vídeos e DVDs publicados; Empresário de sucesso nos ramos de agronegócio, educação, comunicação e marketing.

One Response to Abaixo O Mau Humor

  1. Grande profa rita Alonso!!!

    Agradeço, sinceramente, sua mensagem!!!

    Quantas vezes, nos esquecemos de “cuidar” no do nosso humor…da nossa emoção e vontade de estarmos vivos…atuando…desempenhado um papel, que nós mesmos escolhemos ou que a vida nos trouce e nos adaptamos e concordamos com ele!!!

    E vamos pensar…cuidar…disto e saibamos que nossa energia positiva “contagia” a…aqueles que nos cercam… e isto vai…em “efeito dominó”…contagiando a sociedade como um todo!!!

    Vamos refletir e investir nosso tempo nisto, pois nossa vida…nosso dia-a-dia nos leva ao contrário…propicia nosso “MAU HUMOR”…pois as notícias que “invadem” nossos lares, pelos jornais falados…impressos…só trazem a “violência” para nossos lares e isto acaba banalizando o que seria um enredo próprio de “um filme de terror”!!!

    Vamos lá…vamos ver…focar…atentar …para aspectos estimulantes…que nos levem à motivação e sorrirmos…sermos bem humorados… e assim, teremos mais energia para sabermos usufruir do que a vida tem de melhor…e sabermos aprender com nossos erros…e com os erros de autoridades…em diversos ramos da nossa sociedade!!!

    Grata, grande Profa rita!!!

    Pessoas como você…são “luz no início…meio e fim…do túnel chamado vida”!!!

    Boa leitura atodos!!!

    cordialmente,

    Lilian cury
    Facilitadora de Projetos de Inclusão e Programas de T&D
    Coordenadora pela AAPSA – Grupo GPD – Gestão de pessoas com Deficiência
    aluna e colaboradora do CADEVI
    Pós-Graduada em Tecnologia Assistiva, pela Faculdade de Medicina do ABC e Fundação Santo André

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *