As Hierarquias dos Sistemas Humanos – Os Níveis Neurológicos

” o conceito único do ‘Eu’, ‘Ego’ ou ‘identidade’ é um mito que criamos dentro de nós, para nos dar coerência, consistência e força interior. Esta crença deriva da certeza de não existir dentro de nós uma outra pessoa para determinar aquilo que queremos ou desejamos fazer. Na verdade, nosso conceito de Eu constitui crenças sobre o que somos, como também e o que gostaríamos de ser, e nos oriente na criação de escolhas para atuarmos perante as incertezas da vida. É apenas um de nossos níveis lógicos.”
Mazzilli ( 1999:31)
Dentro de cada indivíduo existe níveis de organização de informação. Isso ocorre graças as construções que realizamos através de: aprendizagem, herança genética, modelagem através de outras pessoas que admiramos, avaliação de resultados , entre outros.
Segundo, Robert Dits ( 1993 ), citado em Mazzilli ( 1999:31), organizamos nas informações que temos de nós e dos outros , bem como do mundo, através de vários níveis, sendo que estes obedecem uma lógica. Nesta lógica que lhe é peculiar os mais elevados teriam mais informações do que os subjacentes. Estes níveis, resumidamente podem ser apresentados da seguinte forma:
a. Fatores ambientais: São todos os elementos externos ao indivíduo, porém que lhe serve de contexto para viver. Nele o indivíduo age e interage, ou seja, as pessoas reagem, ou atuam, ou exibem seus comportamentos. “Neste nível lógico encontramos respostas a perguntas Quando e Onde?”
b) Comportamentos: São as nossas ações diante do mundo, sejam elas verbais ou não verbais. Através deste nível procuramos resolver nossas certezas e incertezas no meio ambiente. Aqui muitas vezes surgem os hábitos, também conhecidos como rituais, que são os comportamentos que não aprovamos , ou não gostamos, porém não deixamos de fazê-lo. É como se estivéssemos presos, ou condicionados.
“Neste nível lógico encontramos respostas a pergunta O que eu faço?”
Mazzilli ( 1999:32)c) Capacidade: É neste nível que avaliamos nossas capacidades e potencialidades pessoais, como: se temos competência para executar as tarefas que nos são atribuídas adaptando uma série de comportamentos a cada contexto.
” Compreendem, também, estados emocionais e estratégias que orientam e dão direções aos comportamentos( de acordo com nosso mapa mental). Neste nível encontramos respostas a pergunta Como?”
Mazzilli ( 1999:32)
d) Crenças e Valores: É de acordo com este nível que, segundo a nossa avaliação, definimos se algo é certo ou errado, bom ou ruim, ou seja, segundo ele percebemos e pensamos de determinada forma que nos é peculiar, quer seja a nosso respeito, quer seja a respeito do mundo. Este nível pode ajudar nos dando suporte , como também nos prejudicar impedindo nossa capacidade de atuação. É neste nível que surge resposta a pergunta Por que?
e) Espiritual: Este nível se relaciona com os demais sistemas que permeiam os nossos relacionamentos ,ou seja, pertencemos a sistemas mais amplo de nossa identidade, como por exemplo a nossa família, sociedade e outros. Neste nível encontramos respostas a pergunta Quem mais?
“A partir dos comportamentos cada nível superior a ele envolve mais abstrações sobre comportamentos e experiência sensorial e têm um efeito mais amplo sobre nossa experiência.” Mazzilli ( 1999:32)f) Identidade: “envolve crenças sobre o que somos e consolida nossos valores e totalidade de crenças. O conceito de eu ( identidade),determina uma visão geral ou propósito – uma missão – e modelam as crenças e valores através de nosso senso de EU. Respostas a pergunta Quem?”
Mazzilli ( 1999:32)Fonte: www.grupodesenvolver.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *