As Moedas E Seus Cofrinhos

 

1

Material:  3 cofrinhos de cores diferentes. 9 moedas. Cronômetro,  timer de cozinha ou uma ampulheta. Tintas das mesmas cores dos cofrinhos.

Objetivo: Colocar 9 moedas em cada um dos 3 cofrinhos conforme suas cores.

Desenvolvimento: Pintar a cada 3 moedas com as cores de seus respectivos cofres.

Ganha o participante que conseguir colocar as 9 moedas em cada um dos 3 cofrinhos conforme suas cores em menos tempo.

 

 

Não Ria Se Não Achar Engraçado: Seu Riso Falso Vai Sair Pior Do Que A Encomenda

1

Todo mundo já riu só para ser educado, como aquela vez em que seu chefe contou uma piada idiota. Mas, se o seu objetivo for não demonstrar que você não achou a piada engraçada, esqueça o riso falso – a maioria das pessoas pode dizer que ele não é real.
Pesquisadores de comunicação vocal da Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA) queriam saber quão bem as pessoas podiam diferenciar uma risada falsa de uma verdadeira e descobriram que, 70% do tempo, as pessoas reconhecem a diferença.
Segundo o principal autor do estudo, Greg Bryant, isso acontece porque o riso falso é produzido com um conjunto diferente de músculos vocais do que o verdadeiro, e esses músculos são controlados por uma parte diferente do nosso cérebro.
O riso sem emoção parece um discurso!
A risada em seres humanos provavelmente evoluiu de vocalizações em nossos ancestrais primatas. Temos uma certeza razoável disso porque podemos observar comportamentos vocais relacionados em muitas espécies primatas hoje, assim como em animais como ratos e cães.
O resultado final é que há características sutis do riso humano que soam como discurso, e evidências recentes sugerem que as pessoas são inconscientemente bastante sensíveis a elas.
“Por exemplo, se você diminuir o ritmo do riso ‘real’ cerca de duas vezes e meia, o resultado é estranhamente animalesco. Soa como um macaco e, ao mesmo tempo em que é difícil de identificar, definitivamente percebemos isso. Mas quando você desacelera o riso ‘falso’, não soa como uma risada animal diminuindo, mas sim como fala humana diminuindo”, explica Bryant.
O riso genuíno é menos deliberado. Como os humanos aprendem a rir antes mesmo de aprenderem a falar, é uma coisa instintiva. O riso real é desencadeado por emoção. A fala é algo mais controlado, bem como o riso sem um verdadeiro gatilho emocional, e é por isso que nós o identificamos com certa facilidade.

Aproveite Cada Fração De Tempo Para Viver Bem

1

Você já se sentiu cansado do seu trabalho, de tudo à sua volta, da situação que você se encontra atualmente?

Creio que todo mundo em algum momento já passou por momentos de extremo desânimo. E o que aconteceria se uma pessoa sentindo-se cansada desejasse profundamente, ficar livre de todos os problemas que do seu dia-a-dia?

Imagine: Sabe o que pode acontecer quando você reclama demais dos problemas e deseja muito ficar livres deles todos?Você simplesmente, “corre o risco” de ter seu desejo atendido.

E se na hora H, a ficha cair e você finalmente entender que a situação “Incômoda” pode ser exatamente tudo aquilo que sempre desejou em sua vida?Isso parece uma grande controvérsia, não é? Mas, nem sempre toda situação é avaliada, com um olhar mais otimista.

O que você poderia fazer então? Primeiro é tomar muito cuidado com o que realmente deseja e pede com a convicção de obter. Pode ser que a vida não seja tão generosa com uma segunda chance.

É a história de um homem que apesar de ter um ótimo trabalho e uma bela família, sentia-se cansado de tudo.

Estava cansado de trabalhar e ver todos os dias as mesmas pessoas no caminho, de passar horas trabalhando num escritório. Chegava em casa e sua esposa sempre servia a mesma comida para o jantar. Entrava no banho e logo ele começava a reclamar. Ele queria descansar e ver televisão, mas sua filhinha não o deixava, porque queria brincar com o pai, não entendia que ele estava cansado.

Até seu pai o ir algumas vezes, querendo conversar com ele, lhe contar sobre sua vida. E entre clientes, esposa, filha e pai, o deixavam louco.  “Quero Paz” pensou ressentido. “A única coisa boa é o dormir, ao fechar os olhos sinto um grande alívio, me esqueço de tudo e de todos e ninguém vem me incomodar”.

Certa noite acordou com uma voz estranha.

– Olá, vim te ajudar.

– Quem é você? Como entrou aqui?

– Deus me enviou. Disse que ouviu suas queixas e disse que você tem razão.

– Isto não é possível, para isto eu teria que estar…

– Isto mesmo, você está. Você não se preocupará mais em ver sempre as mesmas pessoas, nem por aguentar a sua esposa com as reclamações, nem sua filha que te ire nem escutará os conselhos de seu pai.

– Mas… Que acontecerá com todos? Com meu trabalho?

– Não se preocupe, já contrataram outra pessoa para o seu lugar e certamente este está muito feliz porque estava sem trabalho.

– E minha esposa, minha filha?

– À sua esposa foi dado um bom homem, que a quer bem e a respeita e a admira por suas qualidades, aceita gostos, defeitos e todas as suas reclamações. Além disso, se preocupa com sua filha como se fosse filha dele, de certo tem uma emoção muito grande já que é estéril. Por mais cansado que chegue do trabalho, dedica seu tempo para brincar com ela e são muito felizes.

– Mas eu não quero isto.

– Sinto muito, a decisão foi tomada.

– Mas isto significa que jamais voltarei a beijar o rostinho da minha filha, nem dizer “eu te amo” a minha esposa, nem dar um abraço no meu pai. Não, não quero morrer, quero viver, envelhecer junto à minha mulher, ver minha filhinha crescer, não quero morrer ainda…

– Mas era o que você queria… Descansar. Agora já tens seu descanso eterno, durma para sempre.

– Não, não quero, por favor, Deus, Deus!

– O que aconteceu amor? Teve algum pesadelo? – Disse a esposa vendo o marido acordar agitado.

– Não! Não foi um pesadelo. Foi uma nova oportunidade para eu aproveitar para viver… E viver BEM.

Você pode imaginar o que uma experiência destas provocaria em você?

Por isso viva cada dia com alegria e agradeça sempre as benções que lhe são dadas, pois muitas vezes só se compreende o valor de certas coisas quando as perder para sempre.Sigmar Sabin Palestrante, Escritor, Professor e Aprendiz da vida.

Lembre-se Da Importância Das Pequenas Coisas

1

Responda uma coisa importante: o que realmente deve ocupar lugar em nossa vida em primeiro plano?

Eu acredito que devam ser as coisas importantes como: crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional, nossa espiritualidade, a família, os amigos, a atualização intelectual ou educação.

Depois que você conseguiu isso que você vai se preocupar com as coisas pequenas.

Por isso que me sinto muito feliz quando encontro pessoas dispostas a dividir seus conhecimentos e experiências comigo. Com as quais posso compartilhar as minhas também.

Há um ditado chinês que diz que se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um carregando um pão e, ao se encontrarem, eles trocarem os pães, cada homem irá embora com um.

Porém, se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um carregando uma ideia e, ao se encontrarem, trocarem as ideias, cada homem irá embora com duas.

Sempre que possível, troque ideias. Elas esclarecem, acrescentam, ajudam, evoluem. Ainda que você não precise, servirão para o outro.

Para ilustrar, vou contar uma pequena história:

Certa vez um professor de ciências queria demonstrar um conceito aos alunos. Ele pegou um vaso de boca larga e colocou algumas pedras grandes dentro.

Então perguntou a classe:

– Está cheio?

Todos responderam que sim.

Então ele pegou um balde com pedrinhas e despejou dentro do vaso. Os pequenos pedregulhos se alojaram nos espaços vazios entre as rochas grandes.

Então perguntou aos alunos:

– E agora, está cheio?

Desta vez alguns estavam hesitantes, mas a maioria respondeu que Sim!

O professor então levantou uma lata de areia e começou a derramar areia dentro do vaso. A areia então preencheu os espaços entre os pedregulhos.

Pela terceira vez o professor perguntou:

– Então, está cheio?

Agora a maioria dos alunos estava receosa, mas novamente muitos responderam:

– Sim

O professor então mandou buscar um jarro de água e derramou dentro do vaso. A água saturou a areia.

Neste ponto, o professor perguntou para a classe:

– Qual o objetivo desta demonstração?

Um jovem e brilhante aluno levantou a mão e respondeu:

– Não importa quanto a “agenda” da vida de alguém esteja cheia, ele sempre conseguirá “espremer” dentro mais coisas.

– Não – respondeu o professor

– O ponto é o seguinte:

– A menos que você coloque as pedras grandes em primeiro lugar dentro do vaso, nunca mais as conseguirá colocar lá dentro. As pedras grandes são as coisas importantes de sua vida: sua espiritualidade, sua família, namorado(a), seus amigos(as), seu crescimento pessoal e profissional.

Se você preencher sua vida somente com coisas pequenas, as coisas realmente importantes nunca terão tempo, nem espaço em suas vidas.

O que você achou dessa experiência?

Vamos aproveitar o dia de hoje para preencher nossa vida com as pedras grandes e deixar os pedregulhos e a areia para outros momentos. Sigmar Sabin Palestrante, Escritor, Professor e Aprendiz da vida.

Dinâmicas Para Competição de Equipes

2

    Apresento abaixo algumas dinâmicas que podem ser utilizadas para competição de equipes.

 

1a.) Encaixar 4 macarrões no outro macarrão em 30 seg

Material: macarrões tipo espaguete 🍝 . Cronômetro ou ampulheta.

-Apontar 30 lápis, vence a equipe que acabar primeiro
Material: 30 lápis

-Empilhar latas, quem acaba primeiro

Material: diversas latas de tamanhos iguais para serem empilhadas.

Aprenda A Perder. Você Sabe Perder?

1

Em algum momento perdemos. Sim. Perdemos coisas, objetos, perdemos tempo, às vezes perdemos a esperança, perdemos oportunidades. Mas, existem outras perdas inevitáveis que podem marcar de forma bastante profunda a vida de cada pessoa.

Perdemos pessoas, entes queridos que nos deixam ao deixarem de existir nesta vida terrena.

Perdemos negócios. Às vezes perdemos a nossa fonte de sustento, que pode ser um emprego ou um negócio próprio que por alguma razão deixa de existir.

As perdas além da dor causam sentimentos de frustração, muitas vezes de impotência.

Claro que a vitória e a vontade de vencer é sempre algo positivo, funciona como um desafio e estímulo para ajudar a melhorar os pontos mais fracos ou estimular os mais fortes, mas competição saudável é aquela em que não existe a obrigação de ganhar. E assim como vencer colabora para melhorar a autoconfiança, perder também tem seu lado positivo. Tem muito a ensinar. Com isso é importante destacar que muito mais que aprender a jogar, é preparar-se para superar qualquer sentimento de fracasso e conquistar confiança suficiente para enfrentar diversas situações difíceis que acontecem na vida. Tenha consciência de jamais criar expectativas sobre resultados e entender que ganhar não significa ser superior, assim como perder não significa ser inferior.

O verdadeiro objetivo de qualquer competição é atingir seu melhor resultado, mesmo que nem sempre seja possível a vitória. Acima de tudo, compreender que uma conquista honesta, sem trapaças, vencida pelos próprios méritos, tem muito mais valor. Mas acima de tudo é importante aprender a perder. Por que perder faz parte do jogo da vida. Sigmar Sabin Palestrante, Escritor, Professor e Aprendiz da vida.