Cegos, Surdos e Mudos

8

Celebrações

Ps.: Ter mural da realidade coberto por um lençol

1.Introdução: Diante de mais um dia da criação que se inicia vamos nos colocar diante da SS. Trindade em nome do Pai….

Cantar o Salmo 51 (50)

2.Recordando o 2º momento da celebração: Temos o anti-gênesis – A desgraça! E nós muitas vezes agimos como: Cegos, Surdos e Mudos, diante dessa situação. Por isso vamos fazer a experiência de Servos: cegos, surdos e mudos – fechando os olhos e ficando em silêncio – vamos tapar completamente os ouvidos. Contamos até 20 bem devagar e destapamos apenas o ouvido.

3- Ouvir o Evangelho – Mc 7,31-35 (em 2 vozes): Procurando perceber o que Jesus diz e faz e nos colocando no lugar do surdo-mudo.

4- De olho Fechados: dizer o que nos impede de vermos a realidade. (deixar colocarem)

5-Ainda sem enxergar: Vamos acompanhar a leitura do Evangelho – nos colocando no lugar de Bartimeu e procurando perceber o que Jesus realiza!

Ler em 4 vozes Mc 10,46-52.

Meditar a música (enquanto isso tirar o lençol da realidade) no final abrir os olhos.

6- Como recém-curado da cegueira vemos só o que é bonito. O que de bonito vemos na Criação (deixar colocar)

7- Com um olhar atento veremos mais coisas – Outra realidade existindo paralelamente. Demos uma volta pelo mundo da realidade (mural)  e destaquemos o que vimos em uma palavra (ter papel e pincel para por  palavra)

8-Temos uma corda (com pregadores e ter um desfiado no meio).

De que lado vai arrebentar?? (Do lado mais fraco) Pede para que 2 pessoas segurem a corda e que o negativo da Realidade (palavras) sejam colocadas na corda – com breve colocação)

9- As curas que Jesus fazia Reintegrava na sociedade e levava o curado a servir. Como Recém-curados: da Surdez, da Mudez, e da Cegueira – vamos nos colocar a Serviço do Reino: colocando o nosso ser em abertura e oferecimento para que aproveitemos este encontro – denunciando a realidade de miséria que nos cerca.

Canto Final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *