Choque De Culturas

Objetivos:

1- Refletir as diferenças e riquezas culturais.

2- Valorizar e respeitar as diferentes culturas.

3- Perceber a cultura como dimensão de tudo o que se faz em cada grupo

humano.

4- Perceber a cultura como a identidade de um povo.

Desenvolvimento:

1- Dividir o grupo em três sub-grupos. Um subgrupo vai encenar uma tribo

indígena chegando a cidade. Outro subgrupo encena um grupo de operários

chegando a uma tribo indígena. O terceiro subgrupo será observador e

avaliador das encenações.

2- O coordenador orienta com antecedência o subgrupo “indígena” e o subgrupo

“operários” para pesquisarem sobre os costumes, hábitos e relações sociais

de cada do grupo humano que vai representar.

3- Enquanto os dois subgrupos se preparam, o coordenador orienta o subgrupo

que vai observar e avaliar as encenações.

4- Em primeiro lugar, a tribo indígena encena sua chegada à cidade. Não

conhecem as formas de nossas cidades, estranham tudo, até as coisas mais

simples, e não percebem os riscos das mais perigosas.

5- Em segundo lugar, os operários chegam a uma tribo indígena, ignorando

toda a sua realidade.

6- Debate

– O que observamos?

– O que pode ocorrer no confronto (choque) de duas culturas diferentes?

– Como analisamos a colonização do Brasil, a partir da encenação?

– Quais as consequências para nós, hoje?

– refletir as encenações à luz dos textos: Mt. 7,1-15 e Is. 10,1-4.

7- Coordenador procura sintetizar o debate.

8- Avaliação:

– O terceiro subgrupo avalia o trabalho, emitindo opiniões.

Fechamento:

1- O que aprendemos?

2- Como nos sentimos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *