Cinco Dicas Para Dar Feedback

O feedback é uma das práticas de gestão mais importantes. Pois é através dele que o gestor pode explicar os funcionários como aprimorar suas habilidades: corrigir desvios de comportamento e de atividades; reforçar as ações corretas; melhorar a motivação e auto-estima das pessoas e das equipes; e orientar sobre o que é esperado, metas e objetivos a alcançar.

Segundo Fela Moscovici, feedback é um processo de ajuda para mudanças de comportamento; é comunicação a uma pessoa, ou grupo, no sentido de fornecer-lhe informações sobre como sua atuação está afetando outras pessoas.

Para dar e receber feedback com eficácia é necessário sensibilidade e técnicas. Por isso, aponto abaixo cinco dicas para dar feedback e na próxima postagem escreverei sobre como receber o feedback de forma aproveitável.

5 DICAS PARA DAR FEEDBACK

1. SEJA ESPECÍFICO – procure focar comportamentos e atitudes específicas. Evite a generalização. Em vez de dizer: “Sua atitude é negativa”; diga: ” Estou preocupado com sua atitude em relação ao trabalho. Você chegou meio hora atrasado para a reunião de ontem e comentou que não havia lido o relatório preliminar sobre o que estávamos discutindo. Hoje você diz que vai sair três horas mais cedo para ir ao dentista”.

2. MANTENHA UMA POSTURA IMPESSOAL – o feedback deve ater-se a tópicos de trabalho . Nunca se devem fazer críticas pessoais por causa de uma ação inadequada. Nunca chame alguém de imbecil ou incompetente, mas aponte de forma direta o erro cometido, sem atacar a pessoa.

3. ESCOLHA O MOMENTO CERTO – o feedback faz mais sentido para o receptor quando é fornecido pouco tempo após o comportamento sobre o qual se espera retorno. Tanto o elogio, quanto a critica. Não guarde por meses algo importante a dizer. Faça o mais breve possivel, estando atendo ao local adequado e pessoas envolvidas.

4. USE MODERADAMENTE – Em geral, as pessoas tem dificuldades em receber feedback.Mesmo o positivo. Sndo assim, procure utilizar esta ferramenta quando realmente tiver algo a dizer, corrigir ou elogiar. O excesso faz com que as pessoas criem mecanismos de defesa e passem a não dar valor.

5. DÊ TEMPO PARA O OUTRO – Em vez de elogiar e criticar tudo ao mesmo tempo, separe claramente o que está bom daquilo que precisa ser melhorado. Dê tempo para a pessoa pensar, refletir e analisar.

Qual sua dica para dar feedback? O que você faz que tem resultado?

Rogerio Martins é Psicólogo, Consultor de Empresas, Professor Universitário, Escritor e Palestrante. Autor de “Reflexões do Mundo Corporativo” e artigos publicados em revistas, jornais e sites do Brasil e Portugal. www.rogeriomartins.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *