Como Atingir Um Desempenho Favorável nas Dinâmicas

2

Para se dar bem na dinâmica de grupo, a primeira dica é: mantenha a calma. Ficar nervoso durante o processo não vai adiantar nada e só vai prejudicar a sua performance no jogo. Para alcançar seus objetivos e conseguir a vaga, você provavelmente terá que passar por uma situação simulada, seja ela um jogo ou uma dramatização. Por isso você deve apresentar jogo de cintura para lidar com imprevistos e saber improvisar, saber ouvir e principalmente saber se colocar, expor e defender suas idéias. Na dinâmica de grupo, normalmente os candidatos enfrentam situações desafiadoras e precisam representá-las de diversas formas, como: fazer propagandas, dramatizações e se colocar publicamente.

É preciso analisar a vaga pretendida, o tipo de empresa e nunca, jamais, fingir ser o que você não é. Mais cedo ou mais tarde, a máscara cai, o selecionador percebe que foi enganado e você pode perder a vaga. “Nem sempre você precisa ser o primeiro da turma. Se você concorre a uma vaga que vai se reportar a uma ou mais pessoas, e demonstra muito espírito de liderança, pode se prejudicar. O selecionador pode entender que você será um profissional que vai estar em eterno conflito com a chefia”, adverte Patrícia Flores, psicóloga e consultora de RH.

Da mesma forma, é aconselhável não dar respostas prontas, e sempre pensar antes de falar. Se não souber a resposta ou não entender a pergunta, questione, não responda qualquer coisa sem saber. E cuidado com o nível de informalidade das suas respostas. Patrícia conta que, certa vez fez uma dinâmica para estagiários em uma empresa e questionou sobre o que cada um gostava de fazer nas horas vagas. “Um dos jovens, muito inexperiente e crente de que iria abafar com sua resposta, disse: ‘Gosto de sair para beber chopp com meus amigos’. Dependendo do selecionador, este candidato pode ser eliminado na mesma hora. É preciso entender que em um processo seletivo nunca se dá respostas tão pessoais. Melhor citar outra atividade – praticar esportes, viajar, jogar cartas…”

E se o selecionador perguntar sobre meus defeitos, o que devo responder? Esta é uma das questões mais polêmicas, já que o candidato nunca sabe quais “defeitos” poderão reprová-lo, e fica sem saber o que dizer. “Todos os candidatos acabam citando defeitos que, dependendo do contexto e do tipo de empresa, podem até ser considerados qualidades, como perfeccionismo”, afirma Suley Gregori Andrade, psicóloga e consultora empresarial na área de RH. O mais correto, para ela, seria rebater com a pergunta “O que você está querendo dizer com isso?”, para entender melhor qual a intenção do selecionador. Mas, como isso pode não pegar muito bem, a melhor dica é: seja autêntico, mas com cuidado. Cite pequenos defeitinhos padrões, como ser uma pessoa metódica, perfeccionista ou autocrítica demais.

DESTACA-SE NA DINÂMICA QUEM…

  • sabe ouvir a equipe
  • divide papéis
  • organiza e planeja antes de executar a tarefa
  • coloca suas idéias e valores de maneira clara e objetiva, sem entrar em brigas e discussões mais vorazes
  • expõe suas opiniões com segurança, baseadas em dados fundamentados

PERDE PONTOS NA DINÂMICA QUEM…

  • não participa das atividades
  • mostra arrogância
  • “atropela” o grupo e interrompe outro participante
  • finge comportamento
  • quer ganhar o selecionador e não deixa o grupo participar
  • acha que está indo bem sendo o centro das atenções. Hoje o que se valoriza é o trabalho em equipe, e você será analisado por isso

Camila Micheletti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *