Como Saber Se Você Está Vivendo Um Relacionamento Sério

Tudo o que muitas pessoas gostariam de obter, para somente então depois se comprometer realmente com alguém, é uma espécie de termo de garantia de que não iriam “quebrar a cara” e nem sofrer por terem, finalmente, decidido viver um relacionamento sério!

Louvável desejo, afinal de contas seria bem estranho se costumássemos nos arriscar à toa. No entanto, quando o assunto é amor, sentimentos e, principalmente, relacionar-se com outra pessoa, termos de garantia nunca farão parte do pacote. Ou melhor, somente produtos, máquinas e serviços são passíveis de garantias. O universo humano, não!

Estamos falando de futuro, do que está por vir. E como bem cantou Toquinho: “… o futuro é uma astronave que tentamos pilotar. Não tem tempo nem idade, nem tem hora de chegar. Sem pedir licença muda a nossa vida e depois convida a rir ou chorar…”. Considerando o que podemos chamar de “fazer a nossa parte”, no mais temos bem pouco controle sobre os resultados.

E assim sendo, estou certa de que um relacionamento sério não é um rótulo que se recebe depois de xis encontros ou a partir de uma determinada conversa. Mas sim no exercício de se relacionar, dia após dia, um de cada vez. Ou seja, são as nossas atitudes diárias, ou ainda mais pontualmente, é aquilo que fazemos agora, neste exato momento, que determina a seriedade com que vivemos.

Qualquer qualidade referente ao que vivemos se dá na construção da própria vida. Da mesma forma, na construção dos relacionamentos. E isso implica em desenvolver a capacidade de ir percebendo, a cada acontecimento, se temos de falar mais ou ouvir mais, de ceder mais ou se impor mais, de conversar ou de calar. Enfim, a melhor medida, num relacionamento sério, é aquela decorrente de uma consulta honesta e justa ao nosso coração e ao nosso bom-senso, em cada circunstância.

Portanto, além de não oferecer garantias, a vida também não oferece manual de instruções. Mas felizmente, oferece condições para que cada um de nós, a partir da consciência do que queremos e do que sentimos, possamos nos rever e voltar atrás e recomeçar sempre que julgarmos necessário.

Se o que você pretende é viver de fato um relacionamento sério, o que mais pode lhe conduzir a isso é a expressão desse desejo, sem se deixar engessar, é claro. Ter claro para si o que você quer é fundamental, mas considere também que a vida é uma caixinha de surpresas e que isso pode ser maravilhoso. Flexibilidade, espontaneidade e autoconhecimento são os segredos!

No final das contas, deixe rolar, siga o fluxo e vá fazendo pequenos ajustes para que suas intenções estejam sempre em sintonia com suas ações e escolhas. E quando menos esperar, o relacionamento sério dará os primeiros sinais de estar nascendo. A partir daí, sem descuidar do essencial, restará a você mostrar o seu melhor, sabendo-se merecedor do que tanto desejou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *