Conectados Na Alma

Certa vez recebi uma mensagem a qual dizia que receber e-mails faz bem à saúde.

Se isto tem algum embasamento científico não sei, mas se eu olhar para os meus sentimentos não tenho dúvida alguma de que isto é uma realidade.

Nos últimos tempos tenho tido o privilégio de conhecer pessoas simplesmente fantásticas que entraram na minha vida (e eu na delas) nos momentos mais inesperados trazendo mensagens de otimismo, de qualidade de vida, de humor, de exemplos.

Todos os dias tenho estado perto, mesmo que a milhares de quilômetros, de pessoas que se tornaram importantes em minha vida através do computador, da boa vontade e de encontros pessoais.

Fico impressionado por conhecermos pessoas com disposição e disponibilidade para serem generosas e afetivas, dizendo-nos palavras de conforto, ajuda e incentivo.

Algumas pessoas, mesmo quando me escrevem para criticar algum artigo ou parte dele, são fantásticas na forma delicada e cuidadosa com que dão suas preciosas contribuições e opiniões, as quais vejo como uma visão diferenciada de determinado assunto que, pela forma respeitosa, só nos faz crescer.

Quem não gosta do computador é porque ainda não se familiarizou com as possibilidades de aconchego que ele pode proporcionar.

Já me disseram que ele não substitui um bom abraço.  Mas tenho me sentido muito abraçado.

São pessoas que me encaminham poemas, músicas e crônicas.

Há aquelas que já me apresentaram suas famílias, além de outras que já me presentearam com suas habilidades.

Chamam isto de amizade virtual????

Pois vou lhes dizer que algumas pessoas de virtual não têm nada, pois já colocaram no concreto, de maneira palpável, seu afeto.

Onde eu poderia imaginar uma coisa assim?

Em pouco tempo muitas pessoas entraram no meu computador, deram o seu recado e saíram.

Outras se mantém constantes e já não fazem somente parte da agenda do computador.  Confesso que ocupam um lugar cativo no meu coração.

Espero suas mensagens como se eu fosse uma adolescente a espera dos “amigos”.

Se isto realmente é coisa de adolescente vou lhes dizer que para algumas coisas não deveríamos crescer nunca!

O inesperado de sermos surpreendidos com uma mensagem carinhosa que vem carregada de afeto causa uma verdadeira corrente interna de energia, a qual pode, em muitos momentos, ser terapêutica. Num determinado momento, quando você menos espera lá está você precisando daquela palavrinha ou daquela imagem.

Às vezes você já nem espera um retorno e de repente lá está a mensagem que tanto esperava.

Você pode até dizer que também recebemos muita porcaria através do computador.  Mas não é assim também na vida?  Nossa tarefa é fazermos a seleção do que é bom ou ruim.

O que sei é que não tenho esquecido muitos nomes devido a duas palavras fundamentais: iniciativa e investimento.

Estas pessoas passaram a ter espaço garantido na minha vida.  Algumas vezes fica difícil responder a todos na hora em que se quer.  Mas vale a pena dedicarmos parte do nosso tempo para espalhar carinho e amor com um simples comando de enviar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *