Cores

É agradável uso de cores em fábricas que geralmente são cinzas e brancas, as pessoas tendem a se sentir melhor, sobretudo na administração, contabilidade. Hoje já vemos portarias decoradas e ambientes de descanso e lazer em algumas, o uso de paisagismo aliado ao meio ambiente.Outro dia fui a uma fábrica em que podia-se navegar por uma lago artificial que o TST fez e inventou um bote, feito de pallets e embalagens de plástico, colocou peixes e os funcionários podiam até pescar. Então tudo que remeter ao bem-estar de quem trabalha é válido.
As cores entram nesse aspecto e podem sim influenciar no ambiente de trabalho. No ambiente intelectual é recomendável cores mais claras, porém há de se cuidar com o excesso de refletância, pode-se “curar” um ambiente com uso das cores e um layout mais adequado, pequenas soluções. Sobreudo com oa avanços dos estudos de ERGONOMIA já considera-se saudável o uso de som ambiente. E além das cores tornar o ambiente harmonizado, com flores,quadros, fotos de família, objetos pessoais, isso para deixar a pessoa menos solitária quando no posto de trabalho por exemplo de computador.
Vermelho de fato, não é legal, vermelho em cautela sempre, mas nada impede que numa parede da recepção em forma de destaque, de colocar as placas de políticas de qualidade, segurança, etc, não se use o vermelho, sobretudo em salas de espera onde demora-se a atender, mas também novamente,com cautela, para usar vermelho, há de se ter um espaço mais amplo, talvez.

 

Os pigmentos conferem cor à tinta; a percepção da cor é uma das maneiras fundamentais pelas quais tomamos consciência das coisas ao nosso redor.

Quando uma luz branca atravessa um prisma, ela se decompõem, num fenômeno conhecido como dispersão da luz e os diversos comprimentos de ondas mostram as cores prmárias e secundárias.

As cores primárias, também chamadas de cores puras, são AMARELO, CIAN e MAGENTA, e dão origem as demais, denominadas secundárias.

As cores secundárias são: VERDE, VIOLETA e LARANJA.

Agrupando-se todas estas cores, teremos as cores primárias e suas combinações.

Podemos obter outras cores a partir da combinação de uma cor primária com uma secundária, ou de duas secundárias. São as cores complementares.

Quando uma superfície absorve toda a luz visível ao olho teremos a cor preta e, quando a superfície refletir toda esta luz, teremos a cor branca.

As cores influenciam psicologicamente as pessoas em um ambiente.

VERMELHO
Estimula com poderosa ação sobre o estado de ânimo, devendo ser usado com cautela; nas áreas muito extensas, é opressivo e irritante, usado adequadamente tende a dar vida e alegria às superfícies causando a sensação de aumento de volume, peso e calor.

VERDE
Tem um efeito calmante, relaxante, usado em excesso torna o ambiente monótono, fisicamente causa a impressão de leveza e distância.

AZUL
Também é uma cor calmante, repousante, vitalizante, usado em excesso torna o ambiente frio e vazio, fisicamente causa a ilusão de um ambiente refrescante, dá a sensação de distância e diminuição de peso; tem como particularidade afastar os insetos.

AMARELO
Estimula o sistema nervoso central, encorajando à ação e ao esforço. Pode ser uma cor de alta luminosidade; é usado com vantagens em ambientes com pouca luz natural e para sinalizações, causa fisicamente a sensação de calor e aumento de volume.

LARANJA
Quando usado em pequenas áreas é estimulante, provoca bem estar e alegra o ambiente, porém se usado em excesso torna-se irritante, causa a sensação física de aumento de calor e volume.

BRANCO
É estimulante e expressivo, clareia os ambientes e quando usado em excesso força a vista e promove o cansaço; fisicamente cria a ilusão de aumento de volume.

PRETO
É uma cor sóbria, séria, normalmente é usado em combinações com outras cores, fisicamente cria a ilusão de aumento de calor e peso e diminuição de volume.

Esquemas de cores
Monocromático – utilização de uma só cor e seus diversos tons e semitons. Com ele obtém-se um resultado simples e sóbrio.

Cores análogas – utilização de duas ou três cores aproximadas, criando sempre um clima alegre e descontraído.

Complementar – utilização de cores opostas. Proporciona uma idéia de movimento ao ambiente.

Cores quentes/frias/neutras
Cores quentes – vermelho, amarelo e laranja, que por serem fortes e excitantes devem ser utilizados em ambientes que não recebam luz natural, já que “aquecem” e iluminam os ambientes.

Cores frias – tons de azul, verde e violeta, que são mais repousantes e devem ser utilizados em ambientes luminosos, com muitas janelas, para que não se corra o risco de criar uma sensação de frio e solidão.

Cores neutras – branco, preto e cinza, em suas diversas graduações.          Postado por Marlice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *