Culpa Tem Remédio?

Imagem 148

Assisti a um filme esta semana, onde um assassino pergunta ao médico se havia algum tipo de remédio pra culpa, fiquei com isso na cabeça, quimicamente, não existe não, mas acho que psicologicamente, dá pra remediar.

Vamos pensar, o que é culpa afinal? Minha teoria diz que culpa é algo que te machuca quando você fez algo de que se arrepende, e que sabe que foi por sua iniciativa, que alguém foi machucado de alguma maneira (falando sobre relacionamentos). Uau, leia novamente antes de ir ao próximo parágrafo.

Bom, então você já sabe o que fez, como fez e para quem o fez. Partindo daí, pensamos, conversando com a pessoa que eu machuquei posso chegar ao meu remédio, como fazer para melhorar a dor que eu causei? Só a pessoa que está sentindo a dor poderá responder, talvez você não possa imaginar o quanto de dor causou em alguém até que sinta essa dor, e a vontade que temos quando somos machucados é essa, que a pessoa sinta a mesma dor, por isso partimos para vingança, até descobrirmos que a dor não vai passar assim.

Às vezes simples desculpas, sinceras e honestas, poderão ser suficientes para que a pessoa acredite que você realmente se arrependeu, e o arrependimento ajuda bastante a passar a dor, dos dois, de quem magoou e de quem foi magoado. Só de desabafar, mostrar o que você sente, você já sente um alívio, e esse alívio talvez seja o remédio do qual você estava procurando.

A melhor maneira de não sentirmos culpa é aquela velha frase da mamãe, não faça nada aos outros que não gostaria que fizessem com você, e não sinta culpa jamais por ser sincero, pode machucar no momento, mas um dia essa pessoa saberá que você foi honesto e que se não tivesse sido, talvez você sofresse depois, a sinceridade só machuca quem não quer ver a verdade, sendo honesto com você mesmo e com o outro, não pode haver mágoa.

E quem não for culpado de algo, que atire a primeira pedra, somos todos culpados por alguma coisa, primeiro passo, admitir o erro, segundo, conversar com quem você se sente culpado, mesmo que você ache que já está enterrado no passado, terceiro passo, mostrar-se arrependido, sincero e de coração, depois do desabafo, me diga, o remédio funcionou ou não?

“…O meu inferno é o céu pra quem não sente culpa de nada…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *