Currículo em Papel Já Era!

3

Veja como tirar proveito do currículo na internet.      Info Money

Já se foram os tempos em que as pessoas procuravam vagas de emprego em jornais e compareciam às empresas com uma pastinha embaixo do braço. As empresas entraram de cabeça na era da internet e o profissional precisa acompanhar a evolução. Hoje, há muitos sites idôneos que oferecem serviços de colocação aos profissionais. Inclusive, alguns permitem a publicação do currículo gratuitamente.

“As empresas estão preferindo cada vez mais recrutar profissionais por meio de sites, que são mais rápidos, econômicos, eficientes e poderosos, porque atingem um número maior de pessoas do que um anúncio de jornal, por exemplo. Já passou a época em que os currículos eram postados”.

Para se ter uma idéia da potência da internet, somente no site, é realizada uma busca por currículos de candidatos a cada 16 segundos. Nos últimos seis meses, foram 957.489 buscas. Além disso, um currículo é visualizado a cada dois segundos. Por fim, uma vaga é visualizada a cada 0,27 segundo.

Dicas: cuidado com a picaretagem Ele conta que não conhece empresas virtuais brasileiras que agem de má-fé. “Mas existem sim empresas do mundo real (ou seja, que têm escritório, e não site) e usam os sites de emprego para procurar profissionais desempregados”, conta.

Essas empresas procuram suas vítimas por meio dos currículos disponibilizados nos sites e entram em contato alegando que possuem vagas com o perfil delas. No entanto, o profissional somente pode se candidatar se pagar uma quantia. Na verdade, não existe vaga alguma.

Como todo cuidado é pouco, o InfoMoney elaborou uma listinha de sites idôneos de emprego:

www.curriculum.com.br

www.catho.com.br

www.manager.com.br

www.elancers.com.br

www.gelre.com.br

www.vagas.com.br

www.infojobs.com.br

www.empregos.com.br

www.nube.com.br (para estagiários)

http://www.guiato.com.br/Empregos-Sustentaveis/

Aumente suas chances de conseguir um emprego

O presidente do site curriculum.com.br deu algumas dicas para aumentar as chances de conseguir um novo emprego. A primeira delas é: cadastre seu currículo nos principais sites de recrutamento. Não fique restrito a um. “Além dos sites de colocação, as empresas costumam ter em seus sites institucionais um link intitulado Trabalhe conosco, por meio do qual é possível enviar seu currículo. Mesmo que não haja vagas em aberto, esse currículo ficará em um banco de dados”.

Se está desempregado, lá vai a segunda dica: encare o desemprego como um trabalho. “Quem ficou desempregado, arranjou um emprego: arrumar uma colocação. É importante que essa pessoa tenha uma rotina, acorde sempre no mesmo horário, tome banho, se arrume e comece a enviar os currículos pela internet. Ela deve ter metas e organizar uma agenda, com as entrevistas. A busca por um emprego é como uma corrida com obstáculos”, explica ele.

Além disso, segundo Abrileri, o profissional que procura um trabalho deve entrar em contato com ex-colegas de trabalho, amigos, conhecidos e parentes, bem como participar do maior número possível de processos seletivos.
Colocar foto no currículo virtual é bom?
Geralmente, esses sites de emprego dão a opção de o candidato inserir uma foto em seu currículo virtual. Questionado sobre se vale a pena, Abrileri respondeu: “A questão da foto sempre gera dúvidas. Acredito que o profissional deva colocar uma foto se a resposta for positiva para as seguintes perguntas: para o emprego que você procura, a aparência é importante? Você tem uma foto de qualidade, limpa, com a roupa que usaria se estivesse trabalhando? Você está bem nesta foto?”.

Áreas mais procuradas na internet
Com relação à quantidade de vagas disponíveis para cada setor, as recordistas são as áreas de vendas, comércio, telemarketing, telecomunicações e tecnologia da informação.

“Não existem áreas com menos vagas disponibilizadas na internet, e sim níveis hierárquicos com menos vagas. Isso porque, em cargos executivos, de alta gerência ou diretoria, normalmente, os profissionais são selecionados via indicação”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *