Dez Trava-Línguas Para Melhorar A Pronúncia

Sabe aquele comercial de TV em que o Luciano Huck aparece falando frases que parecem impossíveis de serem ditas? Aquilo se chama trava-língua e é um ótimo exercício para falar corretamente.

A fonoaudióloga e professora da Universidade São Camilo Luciana Bertachini afirma que é possível aprender a articular bem as palavras com brincadeiras. “A mãe pode estimular os filhos na pronúncia correta ao ajudar a criança a colocar um nome difícil numa boneca, por exemplo. Outra maneira é cantar músicas com palavras que tenham bastante consoante”, informa.

Essa dica impede, por exemplo, que você seja como o Cebolinha, personagem da Turma da Mônica que troca o “r” pelo “l”, o que torna o jeito dele de falar “englaçado”, porém errado.

E mesmo que alguns adultos achem um charme quando você troca uma letrinha por outra, saiba que esse erro pode lhe trazer problemas no futuro. Não seria no mínimo esquisito se seus pais falassem como alguém de cinco anos? Então, é bom corrigir eventuais falhas na pronúncia desde cedo.

Para treinar e ainda se divertir, separamos 10 trava-línguas:

– O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar.

– Em um ninho de mafagafos havia sete mafagafinhos; quem amafagafar mais mafagafinhos, bom amagafanhador será.

– O tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem. O tempo respondeu pro tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.

– O rato roeu a roupa do rei de Roma. Rainha raivosa rasgou o resto.

– Três tigres tristes para três pratos de trigo. Três pratos de trigo para três tigres tristes.

– O peito do pé de Pedro é preto. Quem disser que o peito do pé de Pedro é preto tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro.

– O doce perguntou pro doce qual é o doce mais doce que o doce de batata-doce. O doce respondeu pro doce que o doce mais doce que o doce de batata-doce é o doce de doce de batata-doce.

– Cinco bicas, cinco pipas, cinco bombas. Tira da boca da bica, bota na boca da bomba.

– A aranha arranha a rã. A rã arranha a aranha. Nem a aranha arranha a rã. Nem a rã arranha a aranha.

– A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *