Dia De Balanço

Assim como as empresas são obrigadas a parar um dia por ano e fazer um balanço de suas atividades, para saberem se cresceram ou deram prejuízo, todos nós deveríamos parar pelo menos alguns minutos, semanalmente (de preferência, no mesmo dia), para avaliarmos o impacto das nossas atitudes e pensamentos na qualidade da nossa vida.

Vou mais longe… Existem pessoas que têm uma vida tão agitada, tão doida, que deveriam fazer esse balanço diariamente. Não deveriam ir para a cama sem, antes, fazer uma auto-análise sobre o momento que estão atravessando e sair do turbilhão de pensamentos e problemas.

Assim como as empresas promovem, por vezes, medidas drásticas para sanear as finanças e obter lucro em caso de balanço negativo, todos nós deveríamos manter algumas atitudes como padrão para obtermos “lucros” em nosso dia-a-dia. Afinal, cada dia é um momento único e determinante na nossa qualidade de vida.

Então, na nossa “empresa” interior, deveriam existir normas como essas:

– Todo amor vale a pena quando a encrenca é pequena. (Tem gente que adora amores complicados… Fuja!)

– Todo sorriso é parte da alma feliz, menos quando é falso. (Afaste-se de gente falsa, seja sincero com todos, pelo menos tente!)

– Toda traição tem um dedinho da nossa desatenção! (duro de engolir, mas é verdade: em algum momento deixamos de prestar atenção em nossa relação e deixamos “solta” demais, mas o negócio é “rodar a baiana” ao menor sinal de fuga)

– Tudo deve ser prazeroso. Abaixo o mau-humor! (trabalhar onde você não se sente bem e estudar onde não quer é dureza. O negócio é lutar para sair dessa situação. Acomodar-se, jamais!).

– Tenha fé. (Isso é fundamental, mas viva uma fé consciente, não fanática. Ninguém vai ser médico se não estudar Medicina; então, esforço e fé devem andar juntos. Mexa-se!)

– Onde está a sua alegria? (Se você fizer o balanço e descobrir que anda mais triste do que alegre, mude tudo, comece pelo físico, emagreça ou engorde uns quilinhos, corte ou pinte o cabelo – pode ser de laranja -, compre pelo menos uma camiseta nova – sem deixar estourar o cartão de crédito -, vá ao cinema, teatro ou circo e procure uma boa comédia, procure viver um grande amor, mesmo que seja com o velho amor).

– Ame muito! Comece por amar a pessoa mais importante, mais bacana, inteligente, maravilhosa, poderosa, gentil, bondosa, dedicada, trabalhadora, estudiosa, amorosa, carinhosa, amiga, simpática e humilde que existe: VOCÊ! Se você se amar, amar ao próximo vai ser fichinha!

Confira, agora, o resultado do balanço:

Felicidade……100% de Lucro

Tristeza…….. 0% de participação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *