DICAS DE FILMES PARA RH:

O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON:

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=8pQ4Bu700Bw

TITANIC E A ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITO.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=SunL59lPfWk

CONSEQUENCIA DAS ATITUDES:

http://www.youtube.com/watch?v=WWdLmsYNw4E

NÃO DESISTA NUNCA…

http://www.youtube.com/watch?v=T3ldiyQaRyk

Desafiando os Gigantes
Nunca Desista, nunca volte atrás, nunca perca a fé.
Mesmo quem não entende nada de futebol americano, pode se emocionar com essa produção que tem um tema universal que, aplicado ao esporte, consegue angariar um bom apelo.
Trata da história de um técnico de futebol americano de uma escola que, em seis anos, jamais conseguiu levar seu time a um campeonato vitorioso.
Se sua vida profissional não vai nada bem, não é muito diferente com a sua vida pessoal.
Assim, com todos os aspectos da sua vida lhe dando insatisfação, a idéia de desistir do esporte lhe parece mais tentadora do que jamais pareceu.
Mas quando um estranho visitante chega ao local, sua visão começa a mudar, já que o homem começa a mostrar ao técnico que o poder da fé poderá ser a sua salvação, e a perseverança poderá lhe dar a chave para vencer.

Como Enlouquecer seu Chefe
Peter Gibbons (Ron Livingston) é um programador de computadores que trabalha na Initech fazendo upgrade dos softwares e sente-se muito infeliz no emprego. Mas após uma sessão de hipnose seu comportamento muda e ele passa a não cumprir horários nem fazer nada daquilo que lhe foi determinado. Porém, quanto mais se rebela mais é elogiado por especialistas em produtividade, que lhe dão uma promoção e fazem isto no mesmo período em que várias pessoas são demitidas.

Quando Nietzsche Chorou
Adaptação de um dos maiores sucessos literários no Brasil, o livro homônimo de Irvin Yalom, o filme “ Quando Nietzsche Chorou” Conta a hitória de um encontro fictício entre o filósofo alemão Friedrich Nietzsche (Armand Assante) e o médico Josef Breuer (Bem Cross), professor de Sigmund Freud (Jaime Elman). Nietzsche é ainda um filósofo desconhecido, pobre e com tendências suicidas. Breuer passa por uma má fase após ter se envolvido emocionalmente com uma de suas pacientes. Bertha (Michal Yannai), com quem cria um obsessão sexual e fica completamente atormentado. Breuer é procurado por Lou Salome (Katheryn Winnick), amiga de Nietzsche, com que teve um relacionamento atribulado. Ela está empenhada em curá-lo de sua depressão e desespero e pede ao médico que o trate com sua controversa técnica de “terapia através da fala”. O tratamento vira uma verdadeira aula de psicanálise, onde os dois terão que mergulhar em si próprios, em um difícil processo de autoconhecimento. Eles estão descobrem o poder da amizade e do amor.

Treino para a Vida
Filme muito bonito, com uma mensagem de uma liderança positiva, que toma as decisões que precisam ser tomadas visando o desenvolvimento da equipe, mesmo que para isto seja alvo de críticas. Firme no que acredita, não admite que o sucesso seja a única meta da equipe. Luta para fazê-los vencedores, não apenas no jogo, mas principalmente na vida.
Richmond, Califórnia, 1999. O dono de uma loja de artigos esportivos, Ken Carter (Samuel L. Jackson), aceita ser o técnico de basquete de sua antiga escola, onde conseguiu recordes e que fica em uma área pobre da cidade. Para surpresa de muitos ele impõe um rígido regime, em que os alunos que queriam participar do time tinham de assinar um contrato que incluía um comportamento respeitoso, modo adequado de se vestir e ter boas notas em todas as matérias. A resistência inicial dos jovens acaba e o time sob o comando de Carter vai se tornando imbatível. Quando o comportamento do time fica muito abaixo do desejável Carter descobre que muitos dos seus jogadores estão tendo um desempenho muito fraco nas salas de aula. Assim Carter toma uma atitude que espanta o time, o colégio e a comunidade.

Um ato de Coragem
John Q. Archibald (Denzel Washington) é um homem comum, que trabalha em uma fábrica e vive feliz com sua esposa Denise (Kimberly Elise) e seu filho Michael (Daniel E. Smith). Até que Michael fica gravemente doente, necessitando com urgência de um transplante de coração para sobreviver. Sem ter condições de pagar pela operação e com o plano de saúde de sua família não cobrindo tais gastos, John Q. se vê então numa luta contra o tempo pela sobrevivência de seu filho. Em uma atitude desesperada, ele então decide tomar como refém todo o setor de emergência de um hospital, passando a discutir uma solução para o caso com um negociador da polícia (Robert Duvall) e com um impaciente chefe de polícia (Ray Liotta), que deseja encerrar o caso o mais rapidamente possível.

O Diabo veste Prada
No mundo inebriante da moda de Nova York, onde o manequim 36 é o novo 40 e um cabelo mal arrumado pode acabar com uma carreira, a revista Runway é o próprio Santo Graal. Administrada com pulso forte e sofisticado por Miranda Priestly (MERYL STREEP), a mulher mais poderosa da moda, Runway é uma temível armadura para qualquer um que deseje vencer na indústria da moda.
Para transformar a revista na bíblia da moda de Nova York e, portanto, da moda mundial, Miranda não deixou pedra sobre pedra em seu caminho, inclusive uma longa lista de assistentes que não conseguiram se manter no posto. É um emprego ao qual só sobrevive quem não tem respeito próprio e, no entanto, é uma oportunidade pela qual um milhão de jovens mulheres em Nova York matariam para conseguir.
Um cargo de assistente de Miranda poderia escancarar as portas para a recém-formada Andy Sachs (ANNE HATHAWAY). Mais para estudante sem estilo do que para haute couture, ela figura solitária entre o pequeno exército de “saltinhos” da equipe da Runway – divas da moda magérrimas, batendo seus saltos altíssimos pelos corredores da matriz da revista em Manhattan. Quando Andy chega para a entrevista, começa a entender que será preciso mais que iniciativa e determinação para vencer nessa área. E o teste definitivo está diante dela, vestida de Prada dos pés à cabeça.
Miranda tem o poder de fazer o mundo fashion girar como uma bola de basquete, mas é incapaz de encontrar e manter uma boa assistente. Andy é toda inadequada para o cargo, mas tem algo que falta às outras assistentes: ela se recusa a fracassar.
Para tornar-se a assistente perfeita, Andy terá de passar por uma transformação. Logo, para desgosto de seu namorado Nate (ADRIAN GRENIER), ela será capaz de falar como deve, andar como deve (num impecável Manolo Blahnik) e nunca mais confundir Dolce e Gabbana. Porém, quanto mais enxerga a vida pelos olhos de Miranda, mais compreende que o mundo dela é fabuloso, mas solitário; e que, por vezes, o sucesso depende de um grande sacrifício – mas a que preço?

Click
Michael Newman (Adam Sandler) é casado com a atraente Donna (Kate Beckinsale), com quem tem um casal de filhos maravilhosos, Ben (Joseph Castanon) e Samantha (Tatum McCann). Só que ele não tem oportunidade de vê-los com freqüência, pois tem feito serão até tarde no escritório de arquitetura em que trabalha, na esperança de que seu chefe mal-agradecido (David Hasselhoff) reconheça algum dia sua contribuição valiosa e lhe ofereça sociedade na firma. Quando tiver uma vida mais confortável garantida, aí sim ele poderá dar toda a atenção à mulher e aos filhos. Pelo menos, isso é o que ele vive dizendo para si mesmo. Depois de passar uma noite em claro trabalhando, Michael está exausto e se frustra, quando não consegue nem descobrir qual dos seus muitos controles remotos liga a televisão. Ele decide, então, comprar um controle universal perfeito para operar todos os seus equipamentos eletrônicos e acaba nos fundos da loja Cama, Banho & Além, onde um funcionário excêntrico, Morty (Christopher Walken), lhe dá um controle remoto experimental único e turbinado com a garantia de mudar a sua vida. E Morty não estava brincando. Logo, Michael se torna o mestre do seu próprio universo, controlando todos os seus aparelhos ao “click” de um único botão. Mas o controle remoto possui outras funções mais surpreendentes. Ele é capaz de abafar o som dos latidos de Sundance, o cachorro da família — e, ainda mais espantoso, adiantar o tempo, poupando-o de uma discussão chata com sua mulher.   Fonte: www.rhportal.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *