Feliz Dia Dos Namorados

lua

O dia dos namorados gera sentimentos diversos nas pessoas. Quem está namorando geralmente gosta. Compra presentes, sai para jantar fora ou comemora de qualquer outra maneira agradável. Quem está solteiro e curte a solteirice adora. Sente-se livre, feliz por não ter compromisso e por não ter que comprar um presente para ninguém. Os mais animados podem escolher entre as muitas de opções de “noites dos solteiros” que há pelas cidades. Quem está solteiro, mas não gostaria de estar… Bem, estes são os que mais sofrem. E é justamente sobre estas pessoas que falaremos aqui.
Passado o dia das mães, tudo parece girar em torno do dia dos namorados. Comerciais de televisão, anúncios em jornais e revistas, programas de televisão e rádio, decoração de lojas… Tudo isso soa como alfinetadas para quem gostaria de estar namorando. É como se um mundo implicante lembrasse o tempo inteiro: “você não tem namorado(a)”. Pior ainda, parece que todos são felizes por terem um relacionamento, menos você. Diante disso, muitos dos “solteiros involuntários” tornam-se avessos à data. Ficam tristes, chateados e até mesmo com raiva. Não podem ouvir falar de dia dos namorados, que todos esses sentimentos vêm à tona.
Essas reações, é claro, não são escolhidas por aqueles que as têm. Não sentimos raiva ou tristeza porque queremos, ou quando queremos. Acontece que quem tem toda essa “aversão” ao dia dos namorados acaba, sem perceber, se “recolhendo” de tal maneira, que ter um relacionamento se torna ainda mais difícil. Muitas pessoas acabam deixando de sair nas vésperas e, principalmente, no próprio dia dos namorados, por pensarem que não têm nada a fazer, já que são solteiras. Fazendo isso, é evidente, continuam solteiras. Acabam, assim, colocando a si mesmas em uma espécie de beco sem saída. E como fazer para encontrar a bendita saída? Vamos a algumas dicas que podem ajudar:
1) Calma e tranquilidade
Em primeiro lugar, é preciso um mínimo de calma e tranquilidade. Sei que é fácil fazer essa sugestão, quando na prática a coisa é mais complicada. Mas é preciso tentar. O excesso de ansiedade costuma funcionar como um “atrapalhador de planos” e geralmente nos faz querer queimar etapas importantes. De nada adianta querer namorar alguém que você mal conheceu ou ainda nem encontrou pessoalmente. De nada adianta falar em namoro no primeiro encontro sem considerar se a outra pessoa está no mesmo ritmo. Fazer tudo isso por pura ansiedade certamente não ajudará em nada. Por isso, repito: tenha um mínimo de calma e tranquilidade. Evite agir como se cada oportunidade fosse a última. E saiba, verdadeiramente, que não é.
2) Movimente-se!
Ficar em casa triste, chateado ou com raiva não vai ajudar em absolutamente nada. Lembre-se de que, no período que antecede o dia dos namorados (e mesmo na própria data), há toda uma “atmosfera” que parece conspirar para os relacionamentos. Tente usar isso em seu favor. Assim como você, há milhares de outras pessoas que também querem começar a namorar antes do dia dos namorados. Faça o máximo proveito das possibilidades que o site oferece: faça buscas, mande mensagens, converse bastante e, finalmente, marque encontros. Nada de ficar quieto(a) no seu canto!
3) É só uma data
Lembre-se de que o dia dos namorados é apenas uma data. Ok, uma data importante, especialmente para aqueles que estão solteiros, mas não gostariam de estar. Ainda assim, é apenas uma data. Estar sem namorado(a) no dia 12 de junho não é nenhum atestado de incapacidade ou incompetência, muito menos sinal de que você tem algum problema. Não se sinta o(a) único(a) no mundo a não ter alguém. Olhe a seu redor, você verá muitos casais, mas também muitas pessoas solteiras em busca de um relacionamento.
Lembre-se de que o dia dos namorados não é a última e derradeira possibilidade de estar com alguém. Isso pode acontecer durante o ano inteiro. E pense na melhor parte de ser apenas uma data: ela se repete todos os anos.
4) Curta o dia dos namorados
Curtir o dia dos namorados não é algo apenas para os casais. Se a data chegou e você não está namorando, procure saber a programação para os solteiros em sua cidade. Certamente haverá boas opções! Nada de passar a noite do dia 12 de junho triste, sem fazer nada. Muitos namoros iniciam justamente no dia dos namorados, sabia? Mas isso só pode acontecer se você estiver disposto a curtir a data, mesmo que esteja solteiro.
O dia dos namorados pode ser uma data alegre, animada, triste ou angustiante. Quem define é você. Por isso, desejo a todos, antecipadamente, um feliz dia dos namorados. Que o dia seja proveitoso, esteja você namorando ou não.
E lembre-se: não ter alguém no dia dos namorados não é o fim. Pelo contrário, pode ser o começo! Dra. Mariana Santiago de Matos Psicóloga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *