Jogo da Vela

Trabalho Sob Pressão.

Objetivo: Permitir ao grupo vivenciar o processo de trabalho em que normas e padrões de desempenho rígido interferem no resultado e no clima do trabalho. Agilidade, trabalho sob pressão.

Material: 1 meia; 1 chapéu; 1 luva; 1 sandália havaiana; 1 caixa de fósforos; 1 vela; 1 sino (ou objeto similar); 1 camisa ou paletó tamanho grande; barbante; 1 cadeira; 1 folha de papel ofício; 1 caneta.

E Marcar num extremo da sala um grande círculo e no outro, duas cadeiras.

E Colocar no chão: a vela, a folha de papel ofício, o fósforo e a sandália. Arranjar os outros objetos na cadeira e dividir o grupo em duas equipes.

E Solicitar dois voluntários (um de cada equipe) para fiscalizar o cumprimento das normas.

E Ao sinal do facilitador, as equipes devem realizar a série de tarefas a seguir, na seqüência correta:

– dirigir-se a cadeira;

– assinar o ponto;

– colocar primeiro o chapéu;

– vestir todos os outros acessórios que estão na cadeira;

– acender a vela;

– pegar o sino;

– dirigir-se a sua equipe e colocar o pé dentro do círculo;

– retornar a cadeira;

– apagar a vela e tirar os acessórios colocando-os na cadeira;

– deixar sandália, vela, fósforo e folha de ponto no chão;

– correr até sua equipe;

– dar a mão para o outro participante que repetirá o mesmo ritual.

A Equpe Que Cumprir A Tarefa Primeiro Vence O Jogo.

O facilitador deve estar atento e verificar:

– se a vela apagar, o participante deve retornar à cadeira e acendê-la;

– se algum acessório não permitido estiver no chão, o fiscal deverá chamar o participante para coloca-lo na cadeira;

– se uma equipe tem mais pessoas que a outra, alguém repete a tarefa;

– o fiscal também participa (chama outro participante para tomar seu lugar, quando for realiza a atividade).

Como trabalhar o jogo:

Distribuir folhas de flip-chart para as duas equipes, que deverão registrar:

– sentimentos durante a vivência;

– principais dificuldades e

facilidades;

– situações semelhantes ao jogo (em suas empresas);

– como lidar com padrões que prejudicam o resultado e a produtividade do grupo.

Observações: É importante, se necessário, colocar questões como:

– a necessidade de reavaliar alguns procedimentos-padrão adotados no programa;

– a importância de os rever regularmente;

– a necessidade de, ao elaborar procedimentos-padrão, verificar sua operacionalização junto àqueles que vão segui-los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *