Liderança

Definição De Liderança – Liderança é o processo de influenciar pessoas no sentido de que ajam em prol dos objetivos da instituição. Devem existir, segundo o conceito:

  1. Existência do Grupo Humano;
  2. Presença de um líder;
  3. Observância dos Princípios psicológicos e sociológicos que regem o ser humano;

A Liderança exige do líder:

  1. ATITUDE: predisposição para sacrifícios pessoais;
  2. EXERCÍCIO: da ética militar, a sua observância;
  3. EXERCÍCIO: conhecimento da liderança de outros líderes;
  4. EXERCÍCIO: conhecimento do comportamento do ser humano;
  5. CONHECIMENTO: de liderança;
  6. AÇÃO: obtenção de experiência através da ação.

O líder precisa de OBEDIÊNCIA, CONFIANÇA, RESPEITO E COOPERAÇÃO LEAL.

Fatores predisponentes:

  1. Autoridade Organizacional (direito legal e funcional em exercer o comando);
  2. Autoridade Moral (vem do líder e significa valores, crenças, idéias, formação, objetivos e metas a seguir);
  3. Competência (estabelece a ascendência do líder sobre os seguidores, conquista a confiança).

Tipos

  • Liderança pessoal ou de pequenos grupos, sendo exercida diretamente face a face;
  • Liderança de organização, ou de grandes grupos exercida através de grandes grupos.

Patologias

  • Liderança Carismática, conseqüência dos fatores emocional, presentes em grau elevado. O líder é amado e idolatrado de forma doentia. Ocorre desvio de comportamento entre líder e liderados. Essa manifestação patológica deve ser repelida entre os militares.
  • Liderança contra a Ética, como exemplo a Liderança de organizações criminosas, mas isso não é de nosso interesse.

HigidezSabemos que o homem se apresenta em diferentes lugares do mundo, como o esquimó na Antártida e os índios, na Selva. Os militares são pessoas que estão em diferentes lugares em diferentes situações, devem estar sempre aptos a stress emocional e físicos. Devemos manter o nosso preparo físico para termos sempre um bom aproveitamento de nosso corpo e nossa mente.

O homem hígido:

  1. Pensa, decide e age com mais clareza, destreza e precisão;
  2. É resistente contra condições adversas;
  3. Otimista com seu trabalho e é entusiasmado;
  4. Convive melhor com o grupo;
  1. Devemos sempre criar condições físicas e mentais favoráveis ao bem estar físico do pessoal.
  2. Os homens não são máquinas e devem ser consideradas as suas necessidades de trabalho, lazer, descanso, sempre dentro dos moldes dos objetivos da instituição.
  3. Trabalho tem ritmo e deve ser medido dentro dos limites aceitáveis.
  4. O stress físico caracteriza no cansaço mental e fadiga física.
  5. A mente do líder rege a mente dos liderados.
  6. O líder deve:
    1. “Dar o Exemplo”,
    2. se dedicar em corpo e alma ao trabalho,
    3. Manter-se preparado para possível desgaste físico e mental intenso.

CaráterÉ um conjunto de valores éticos que tem como base a verdade.

  1. Honestidade ou probidade;
  2. Sinceridade ou franqueza;
  3. Correção;
  4. Veracidade, legitimidade e autenticidade;
  5. Lealdade e fidelidade.

O homem íntegro deve:

  1. Agir com correção;
  2. Procurar ser justo;
  3. É leal, não lhe falta às promessas que faz;
  4. Honesto com os outros e consigo mesmo;
  5. Não se interessa em desprendimento, visando vantagens pessoais;
  6. É responsável;
  7. Ama a verdade;

CavalheirismoO Cavalheirismo é uma tradição e costume da Marinha do Brasil. Quando aportamos em terras estrangeiras, o comportamento dos oficiais e da guarnição se volta para o Cavalheirismo. Isso leva a conseqüência da reciprocidade do tratamento por parte dos habitantes locais, estreitando os laços de amizade entre os respectivos países. Compõe o Cavalheirismo:

  1. Circunspecção, cautela e prudência, um estudo das circunstâncias antes de uma decisão.
  2. Respeito, que ocasiona o acatamento, justiça.
  3. Tato, que implica na habilidade, tino. Como exemplos temos:
    1. Podemos ser polido com o que falamos, usando o tato e assim não machucaremos ninguém;
    2. Dizer “sim” é fácil, mas devemos ter tino para não se tornar algo intolerável;
    3. Quando termos que dizer algo que ferirá uma pessoa, poderá ser dito, mas na forma cautelosa, com o tato;
  4. Cooperação, ajuda, trabalho em conjunto;
  5. Cordialidade, trato afetuoso;
  6. Etiqueta, conjunto de regras estilos e cerimônias;
  7. Compostura, maneiras de boa educação;
  8. Continência, que apesar de obrigatória, tem seu caráter cavalheiro.

EssenciaisSão valores que vêm do íntimo e se referem a essência de cada um:

  1. Convicção, demonstra certeza, implica em determinação, força de vontade, persistência..;
  2. Crença ou fé, confiança na instituição e nos superiores;
  3. Autoconfiança, fé em si mesmo, implica em convicção nele mesmo, irradia confiança e entusiasmo;
  4. Vocação, disposição natural do espírito;
  5. Dignidade, beleza moral;
  6. Honra, que é dignidade própria;
  7. Espírito, cooperação, e podemos ter o espírito de navio, um tipo de cooperação leal dos navios da MB.
  8. Ideal, que reflete em sonho, aspiração, e implica em CRENÇA.

Julgamento

  • Decisão, resolução, firmeza, enfrentar problemas com linha de ações e de comportamentos coerentes, mostrando-se firme e decidido, inspirando confiança;
  • Imparcialidade, julgamento sem paixão;
  • Critério, norma para julgar as coisas. (O critério e a imparcialidade andam juntos);
  • Senso de medida, levar em consideração opiniões e argumentos. Como exemplos:
    1. Na hora de dar uma atribuição de tarefas;
    2. Na hora de ganhar um elogio;
    3. Na designação de uma faina;
    4. Na própria tolerância;
    5. No medo e na coragem;
  • Visão, que é a previsão dos fatos, que dá senso de direção, e na autocrítica, no renovamento do desenvolvimento pessoal;

Liderança

  • Exemplo pessoal, exemplo do seu comportamento, ética militar. O líder é observado pelos seus subordinados, e deles vêm a sua confiança;
  • Responsabilidade moral. Bom, temos a responsabilidade legal (estabelecida por lei – obrigação) e a moral (não tem limite fixada. Está na consciência de cada um, de acordo com a moral dele – virtude) ;
  • Coragem. Que dá origem aos conceitos medo, susto e coragem (superação do medo);
  • Desprendimento. (desinteresse por outras coisas);
  • Iniciativa. Resolução de praticar algo de fazer por sua própria vontade. É conseqüência do entusiasmo.
  • Entusiasmo. É a alegria no trabalho. Quando o chefe é entusiasmado, os seus subordinados também o serão.
  • Senso de humor. É de cunho contagiante a alegria de quem tem senso de humor.
  • Autocontrole;
  • Disciplina consciente. Bom, existem a disciplina (que é atender às ordens e regulamento da instituição porque existem essas regras) e existe também a disciplina consciente (é estar na marca sempre, mesmo que no momento não esteja ninguém que possa cobrar).

Características Básicas Dos Lideres

– Natureza amistosa e firme.

– Afeição pelas pessoas.

– Reconhecimento da contribuição das pessoas.

– Preocupação sincera com o bem estar das pessoas.

– Boa disposição para elogiar.

– Habilidade para inspirar.

– Habilidade para estabelecer clima de cooperação.

– Habilidade para aconselhar.

– Talento para convencer.

– Tato e diplomacia.

Como Lider, Procure Nunca

– Aceitar, de si próprio e de seu pessoal, desempenho medíocre.

– Menosprezar o trabalho em equipe.

– Revelar-se incapaz de gerenciar seus haveres, sua saúde, sua vida.

– Menosprezar a importância de manter-se progressivamente informado.

– Ser dono da verdade, impondo seu acanhado ponto de vista.

– Envolver-se sexualmente com pessoas afetas ao seu limite de influência.

– Violentar-se a si próprio e aos outros, para ascender.

– Subestimar a relevância da cultura, como se esta nada ajudasse.

Características Do Novo Lider

– Visão de mundo

– “Cabeça estratégica”.

– Habilidades humanas refinadas.

– Postura cidadã.

– Integridade, autenticidade.

– Atitude positivas.

– Visão do todo.

– Competência em fazer acontecer.

– Capacidade de gerenciar mudanças.

– Ousadia, capacidade de assumir riscos.

– Capacidade de negociar refinadamente.

– Abertura para as possibilidades das novas tecnologias.

– Velocidade em aprender.

– Coerência.

Habilidades De Liderar – A liderança vem sempre associada á idéia de grandes personalidades da história, e que ela possui uma dimensão mágica.

Os líderes na verdade, são pessoas comuns que são capazes de transmitir grande poder aos liderados.

Os líderes criam condições para as pessoas exercerem todo o seu potencial, propiciando-lhes a auto-confiança e emulando-as a perseguirem um ideal.

Em suma, os líderes desenvolvem entusiasmo, auto-estima e ideais entre os liderados.

Estudos recentes têm demonstrado que, ser líder, é muito menos uma conseqüência de qualidades inatas e mágicas, e muito mais um produto de persistência e constância no aprendizado de habilidades interpessoais e compreensão do contexto em que está inserido.

As habilidades de liderança podem ser aprendidas através de ensinamentos, experiências, desenvolvimento da intuição, da persistência e da capacidade de aprender com ensaios e erros.

Lider X Chefe

– O líder inova, o chefe administra.

– O líder desenvolve, o chefe mantém.

– O líder cria, o chefe imita.

– O líder questiona, o chefe aceita.

– O líder confia nas pessoas, o chefe depende de controles.

– O líder focaliza as pessoas, o chefe focaliza o sistema e a estrutura.

– O líder é seu próprio comandante, o chefe é o clássico bom soldado.

– O líder educa, o chefe treina.

Os Lideres Nascem Ou São Feitos?

Ninguém sabe com certeza.

Nossa experiência diz que um conjunto de competências que caracterizam os lideres podem ser aprendidas.

Podemos também dizer que todos os grandes líderes que conhecemos foram bons aprendizes.

O primeiro aprendizado é sobre nós mesmos – nossos talentos e deficiências, nossas aptidões, nossos preconceitos.

A auto-confiança necessária ao líder se desenvolve quando construímos sobre nossas forças e vencemos nossas fraquezas.

O treinamento formal pode ajudar. Mas o treinamento sozinho não é suficiente. Também aprendemos com outras pessoas e com as experiências.

Aqueles que se transformam em grandes líderes são participantes entusiastas das mudanças e aprendem com, seus erros.

Em última análise, um fator importante para o desenvolvimento da liderança é o auto-desenvolvimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *