Mude Seus Critérios Para O Amor

amo9r

Às vezes me pergunto por que conviver com outras pessoas se tornou algo tão difícil e confesso que fico triste ao pensar que muitas historias de amor não são vividas como deveriam e fico mais triste ainda porque essas relações não são vividas, por critérios pré-estabelecidos, de amores construídos em propósitos e interesses pré- fabricados.

Por isso aqui neste espaço, junto com você, gostaria de falar um pouco sobre o amor, ou melhor, a falta dele.

Engraçado como os sentimentos se confundem, como as pessoas se confundem e se perdem na busca fantasiosa de um romance perfeito. Vivemos na era de uma realidade moldada pela mídia, pelos programas de televisão, pelas postagens nas redes sociais, pelas opções infinitas de caminhos e a liberdade desenfreada, que faz com que muitas pessoas acumulem fracassos e desilusões amorosas.

Busca-se relações perfeitas, corpos perfeitos, sonhos perfeitos, pessoas perfeitas.

Agora eu pergunto: Quais são os seus critérios para o amor? Você coloca regras? O que faz você se apaixonar por alguém?

Vejo pessoas se vendendo como se fossem um comercial de televisão, como produtos em uma prateira, escolhendo cuidadosamente adjetivos para deixar o produto mais atraente, buscam na aparência, a realização de um desejo de amor, mas um dia as máscaras caem porque o amor precisa de autenticidade para sobreviver.

Afinal, você quer um amor na sua vida? O que você gosta? Como você quer viver sua vida? Quais são seus critérios para o amor?

Fala-se de inteligência em todas as áreas, discute-se religião, problemas políticos, internacionais, protestos, educação. Já vi pessoas buscarem um amor inteligente, bem resolvido profissionalmente, de uma aparência impecável, as medidas corretas, com um saldo bancário alto, a marca do carro.

Alguns homens reclamam da futilidade das mulheres e as mulheres da falta de compromisso nos homens. Os relacionamentos estão vazios de sentimento. A satisfação física vem em primeiro lugar e se coleciona relacionamentos sem identidade. Acho que está na hora de reavaliar os critérios.

Vamos deixar de lado a competição, que desgasta, machuca, vamos jogar no mesmo time, deixar de lado o individualismo que cega e afasta o amor, não vamos deixar jamais de acreditar que é na simplicidade das ideias que o amor acontece. É no desejo íntimo de cada um, e na troca desinteressada de sentimentos que brota o amor.

Não existe nada melhor que o abraço de quem a gente ama, os momentos de carinho aliviam todas as dores do caminho. Devemos abraçar mais, sorrir mais e acreditar mais que existe um alguém para alguém em todos os lugares.

Por isso acredito que a essência tem muito mais valor que a aparência. Quando sai a maquiagem, o cabelo cai, a idade chega, a barriga aumenta, os problemas aparecem, o que importa mesmo, é a paz que irradia e isso não tem preço que pague.

Insista, invista, se entregue, não existe garantias, corremos o risco, mas um risco necessário para fazer o amor acontecer, por isso se você já fracassou em relacionamentos passados, deixe essas relações onde elas devem estar, no passado. Não deixe que histórias que deram erradas interfiram no seu futuro. Acredite no amor.

Enquanto os seus critérios forem beleza física, situação financeira definida, sucesso profissional, você estará longe de encontra-lo de fato e corre o risco de afasta-lo ainda mais.

Entre em sintonia com o seu ser e com as necessidades da sua alma e assim todos os anjinhos saberão como trazer aquele alguém especial na sua vida, alguém que fará seus dias brilharem com mais intensidade.

Sei que este assunto é bem polêmico porque existem aqueles que acreditam que não precisam de relacionamentos para ser felizes, mas minha experiência com aqueles quem cruzam meu caminho, meus amigos, colegas, é outra, vejo mulheres cansadas, homens tristes, corpos perambulando tentando satisfazer “OS CRITÉRIOS”, por isso mude sua técnica, reavalie e abra as portas para o amor.

Se você já tem alguém para chamar de amor e descobriu no outro a beleza da cumplicidade, você provavelmente compreende minhas ideias. Se seu amor está balançado, sem vida, volte às origens, redescubra o que de fato os uniu e não deixem acontecimentos externos destruir sua relação, reviva a essência de sua história, conecte-se novamente.

Desejo a todos vocês um amor infinito, renovador, que transforme dias cinzentos em ensolarados porque o amor faz tudo valer a pena.

De acordo com o que já falou Oscar Wilde: “A consciência de amar e ser amado traz um conforto e riqueza à vida que nada mais consegue trazer”.      Sigmar Sabin – Professor, Palestrante e Aprendiz da vida.

2 Responses to Mude Seus Critérios Para O Amor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *