Não Perca Seu Foco

Hoje percebi que não basta termos sonhos, não basta lutarmos por eles, não basta acreditar, não basta agir. É preciso muita atenção para não perder o foco daquilo que queremos.

 

Se você não estiver de olho em você mesmo, monitorando constantemente seus sentimentos e pensamentos, pode facilmente perder sua conexão com o que é de fato importante pra você.

 

Às vezes penso que o mundo, apesar de suas belezas, é uma grande armadilha. Não! Não falo de armadilha como algo ruim e sim como uma experiência perigosa, que hora assusta com seus mistérios e hora ilude, com suas belas paisagens e as delícias que oferece ao longo do caminho.

 

Somos bombardeados por emoções diárias, seja profissionalmente ou no âmbito pessoal e é muito fácil sermos influenciados por algo externo, que sem perceber, nos faz diminuir o passo e o ritmo em direção aos nossos ideais. Assim, nos desviamos por vezes do caminho, perdemos o foco, e é por isso que digo que o mundo pode ser uma grande armadilha, uma escola constante, onde somos supervisionados e estamos em constante avaliação. Como em um “reality show” porque não somos seres isolados, interagimos com o mundo e nem sempre andamos no mesmo ritmo que as outras pessoas em nossa volta.

 

Como fazer para não perder o foco?

 

Acredito que devemos monitorar nossos sentimentos e pensamentos para continuar conectado. Você faz isso? Você ouve seu corpo? Seu coração? Penso que precisamos diariamente de um momento único, só nosso. Você provavelmente dedica sua atenção à família, aos amigos, aos amores, ao trabalho, à internet, aos projetos do dia a dia e dificilmente sobra um tempinho para curtir um relacionamento com você mesmo, de estar a sós com seus pensamentos.

 

Porque dedicamos tão pouco tempo conosco? Porque é tão difícil nos colocarmos em primeiro lugar? Quanto tempo do seu dia, você dedica para meditação? Você alguma vez desligou o celular, o computador, a televisão, fechou a porta para o mundo e conversou com você sobre seus anseios? Tristezas? Alegria? Medo? Ansiedade? Dúvidas? Certezas?

 

Somo seres pensantes, questionamos tudo em nossa volta mesmo que não expressemos isso. Podemos não perguntar aos outros, porém temos questionamentos internos que precisam de respostas, para continuarmos fortes nessa aventura de viver.

 

Acredito que nós somos o centro de nossas vidas. Como um sol, somos o miolo amarelo e os raios do sol são os vários aspectos de nossa vida.

 

Vamos fazer um exercício juntos?

 

Pegue uma folha de papel em branco e faça um círculo, dentro dele escreva a palavra: “EU”, faça riscos em torno do círculo, como um sol e escreva nos riscos cada aspecto da sua vida: trabalho, escola, família, amor, espiritualidade, saúde física, saúde mental, dinheiro, amizades, etc. Isso pode te ajudar a identificar qual é a área da sua vida que não está funcionando de acordo com seus desejos. Olhe para esse sol, agora na sua frente. Compare esse sol com uma máquina: se uma peça se quebra, é necessário trocar a peça, ou concertá-la, mas sabemos que é somente aquela pecinha que está quebrada e não a máquina toda, ou seja, quando um dos aspectos desse sol não está em harmonia com o EU central, ficamos vulneráveis, frágeis, temos pensamentos que nos limitam e com eles, algum tipo de emoção, contudo, fica fácil de diagnosticar e resolver uma situação quando enxergamos que o problema não está no EU e sim, no que está em sua volta.

 

Assim, analise separadamente, cada aspecto e se desejar, faça um sol para cada um, relacionando com detalhes como você gostaria que fosse e siga em frente, mais convicto dos seus sonhos, mais forte para caminhar e ultrapassar os obstáculos do caminho.

 

Olhe sua vida sob outros ângulos, se enxergue sob outras perspectivas, tome um banho desse sol, saia de cena por alguns minutos, busque o silêncio para refletir, descubra a origem dos seus pensamentos bons e ruins, descubra de onde está vindo esse sentimento que te deixa vulnerável, e sem ação.

 

Parece que assim, tira-se o peso do “TODO” e os problemas ficam bem mais pequenininhos, e é por isso que desejo que você inicie hoje mesmo, esse relacionamento íntimo consigo mesmo e que cada aspecto da sua vida possa girar harmoniosamente em torno de você.

Sigmar Sabin – Professor e Aprendiz da vida – sigmarsabin@bomdiahoje.com.br -www.bomdiahoje.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *