O Que É Programação Neurolinguistica

A PNL teve início na década de 70 na Califórnia a partir do trabalho de John Grinder juntamente com Richard Bandler. Ambos não estavam preocupados com teorias e nem pretendiam formar uma escola nova de terapia. Seus objetivos eram aprofundar conhecimentos acerca de três excepcionais terapeutas: Fritz Perls, Virgina Satir e Milton Frickson.
Grinder e Bandler pretendiam produzir modelos de terapia que funcionassem na prática e pudessem ser ensinados. Embora os três terapeutas utilizados como modelos tivessem personalidades muito diferentes, Grinder e Bandler, reelaboraram os modelos estudados e descobriram processos de aprimoramento dos padrões de excelência, bem como , a habilidade na arte de pensar e comunicar-se.
Atualmente a PNL é entendida como sendo
“…o estudo de como representamos a realidade em nossas mentes e como podemos perceber, descobrir e alterar esta representação para atingirmos estados desejados”
Getúlio BernaqueA PNL não é uma teoria, é um instrumento com o qual estudamos a experiência subjetiva. Lida essencialmente com os processos e não com o conteúdo dessas experiências.
Este conceito baseia-se na pressuposição de que o ser humano nasce totalmente desprovido de programas. Sendo o ser único da criação de sua própria história, através de sua programação. Assim sendo, a PNL é o estudo de padrões de excelência humana. É a capacidade de assimilar informações viabilizando mudanças comportamentais. Neste contexto, informações não são somente algo que temos de concreto mais também a quantidade de incertezas existentes em uma situação. A PNL pressupõe processos para obter resultados para cada estilo de indivíduo.
Assim sendo a PNL “é o estudo da estrutura da experiência subjetiva do indivíduo e o que pode ser feito com ela.” Richard Bandler.
Bandler, entende que, se todo comportamento tem uma estrutura, esta pode ser descoberta e reprogramada.
A seguir serão apresentados o que significa cada um dos vocábulos que compões a PNL- Programação Neurolingüística.
Se na informática há os sofwares criando as mais variadas informações através da programação por meio de tecnologia usando os computadores, com o homem é feito algo semelhante , porém a máquina aqui utilizada é o próprio homem e o método é a programação mental. Assim, é através da sua programação mental que o homem tem sua percepção de mundo.
Sendo esta percepção um estado não desejado, ou seja, percepções oriundas de crenças e interesses limitados, o próprio indivíduo pode descobrir e organizar tais informações fazendo uma reprogramação. Portanto, programação refere-se, a habilidade de descobrir, organizar, orientar e utilizar nosso conhecimento e comunicação para conseguir estados e resultados desejáveis.
Refere-se ao sistema nervoso através do qual a experiência é recebida e processada, via cinco sentidos que são: visão, audição, tato, paladar e olfato.
Das nossas impressões e sensações, apenas uma pequena parte é percebida por nós. Essa pequena parte é representada ao indivíduo da maneira pela qual ele teve suas experiências, sendo esta próprias e únicas, ou seja, o homem age tal qual ele percebe o seu modelo de mundo. A partir deste ponto de vista, podemos entender melhor um dos pressupostos básicos da PNL – o mapa não é o território que ele representa, ou seja, vários indivíduos diante de uma mesma situação terão percepções diferentes de acordo com as experiências e histórias de vida de cada um.
Refere-se a linguagem verbal e não verbal através das quais são expressados o que ocorre no sistema nervoso.
Incluem: imagens, sentimentos, sons, sensações, sabores, odores, palavras e fundamentalmente a expressão corporal.
A linguagem denota o sentido de ativar ou mobilizar, libertar ou aprisionar a pessoa que a usa.
“São as nossas decisões e não as nossas condições de vida que determinam o nosso destino.” Anthony Robbins       Fonte: www.grupodesenvolver.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *