O Que Faz A Diferença É O Caráter

toc

Estou cada vez mais convicto de que se não trabalharmos arduamente na formação do caráter, de nada valerão as melhores habilidades e conhecimentos que alguém possa ter.

Ainda vivemos muito preocupados – nas famílias, nas instituições de ensino e nas empresas -, em proporcionar acesso e condições de desenvolvimento de habilidades e conhecimentos que possibilitem ao futuro profissional e mesmo àqueles que já atuam, o instrumental necessário para que sejam bem-sucedidos em suas carreiras, seja em qualquer área ou profissão escolhida.

Assim tem sido a preocupação de muitos pais, o currículo e projeto pedagógico de muitas escolas e universidades e os programas de treinamento e desenvolvimento das empresas.

Decerto temos profissionais extremamente competentes em várias áreas, estrategistas, com alto nível de conhecimento e tantas habilidades que são capazes de elevar suas equipes e organizações para altos patamares de rentabilidade e lucratividade. No entanto, esses mesmos profissionais, por desvio de caráter são capazes de manchar a reputação das empresas, além da própria, gerando grande prejuízo para toda a cadeia e para a sociedade.

Eis, porque, defendo com ardor que precisamos investir em todos os tempos e lugares, no desenvolvimento das virtudes, dos valores humanos essenciais. Como disse Aristóteles, na Ética a Nicômaco, “a virtude do homem será a disposição do caráter que o torna bom e que o faz desempenhar bem a sua função” e “as coisas nobres e boas da vida só são alcançadas pelos que agem retamente”.

Possuir competências e não ter as virtudes como alicerce de vida e das decisões que precisam ser tomadas no dia-a-dia é o que temos testemunhado em nosso tempo.  Como lembra o mestre Stephen Covey: “Precisamos trabalhar o caráter e a competência para solucionar os problemas estruturais e sistêmicos. Lembre-se: trabalhe primeiro o programador se quiser aperfeiçoar o programa”.

A começar em nossas casas na educação dos filhos, nas instituições de ensino que têm uma responsabilidade muito maior que apenas transmitir conhecimento e, por que não? nas organizações empresariais, urge que se desperte para a importância de se investir na formação em valores humanos, sem os quais, tudo pode se perder.

Se quisermos um mundo melhor, o que significa melhores empresas, melhores famílias, melhores relações humanas etc, antes de tudo precisamos despertar e expandir a nossa consciência para a importância dos valores em nossa vida. O que fez, faz e a fará sempre a diferença é o caráter, a começar pelas lideranças. Aliás, é exatamente isso que, para mim, define um líder: o seu caráter.   Robson Santarém http://www.animah.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *