Oficina de Máscaras

Trabalho Em Equipe

Objetivo: Proporcionar ao grupo a vivência de um trabalho em equipe em que é necessário: liderar; tomar de cisões; estabelecer prioridades; distribuir tarefas; administrar o tempo; administrar o processo produtivo; avaliar a qualidade dos produtos e das relações de trabalho; cooperar; agir de forma

integrada; usar mecanismos efetivos de comunicação; administrar custo.

 

Material: 4 folhas de cartolina (cores variadas); 5 folhas de papel fantasia (cores variadas); sobras de papel laminado, de presente e crepom; tesouras, cola, régua, barbante, pincel atômico, varetas, caixas de papelão, sucatas em geral; cartazes com as regras do jogo, critérios de qualidade, pontuação e quadro de resultados.

 

E Delimitar o cenário: “Nossa empresa vai lançar máscaras no mercado. Eu, como acionista principal, estarei fora durante 60 dias (equivalente em nossa medida padrão de tempo: 60 minutos).

Preciso de um profissional para ocupar a minha vaga enquanto estiver fora. O grupo deve escolher a pessoa que coordenará as atividades da oficina nesse período. Esta terá plena autoridade para administrar a produção, sem minha interferência nas decisões tomadas”.

 

E No momento em que o representante tenha sido escolhido, o facilitador entrega todos os cartazes para ele e avisa que já viajou. Anota a hora de início dos trabalhos e mantém-se à parte das atividades até o prazo estabelecido para as tarefas. (caso alguém se dirija ao facilitador, ele deverá lembrar que está viajando e não poderá responder a perguntas.).

 

Tarefa Grupal Regra Geral: Todos devem participar das atividades 1- Redefinir a missão de nossa empresa que, até hoje, foi: FABRICAR ENFEITES PARA DECORAÇÃO. 2- Sugerir um novo nome, logomarca e slogan. 3- Criar um jingle para veiculação na mídia. 4- Confeccionar 6 máscaras, para serem o “carro-chefe” da

produção./Criar um teatro para apresentação das máscaras.

 

Regras Do Jogo

Permitido – buscar recursos fora da empresa; – usar e abusar da criatividade; – comunicar-se de todas as formas possíveis. PROIBIDO – ultrapassar o tempo de produção: 60 dias. Personagens sem máscaras no teatro.

E Após a apresentação das tarefas, o facilitador ao responsável pelo empreendimento que pontue cada tarefa, segundo os critérios de qualidade estabelecidos pela empresa. Normalmente, ele é pressionado e avalia de forma

paternalista (dado que pode ser discutido no processamento).

E Usar o cartaz de avaliação seguinte:

TAREFAS Pontosmissão Nome Jingle Logomarca e Slogan Máscaras Teatro

Observações: Algumas situações que já ocorreram durante a avaliação:

– participação somente do representante;

– supervalorização das tarefas;

– pontuação sem observância dos critérios de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *