Por Que Você Deveria Ter Apenas O Plano A

 

Por Que Você Deveria Ter Apenas O Plano A

O problema é que ter um plano B, por mais seguro que possa parecer, na verdade, é algo ruim. Não entendeu? Eu explico…

Vamos supor que você está abrindo sua empresa – seu plano A -, mas, ao mesmo tempo, está estudando para um concurso público – seu plano B.

No começo, você se dedica muito mais ao plano A do que ao plano B, pois está energizado e muito empolgado para fazer tudo dar certo. Contudo, a medida que o tempo vai passando e as coisas não acontecem na velocidade esperada, você começa a desviar seu foco para o tal plano B.

O que acontece a seguir é que os resultados da empresa, que já não estava de acordo com o que você desejava, começam a piorar cada vez mais e, de repente, o plano que era B vira A e o plano que era A vira B.

Isso faz sentido para você? Para mim, não faz sentido algum. Afinal, se você quer empreender, precisa entender que para fazer tudo dar certo é preciso ter dedicação, paciência, sabedoria, persistência e [talvez principalmente] foco.

Por que em vez de ter um plano B você não adota um plano A com diferentes versões?

Faça um plano A 1.0, 1.1, 2.0. Verifique e avalie o que está dando certo e o que não está no seu modelo de negócio, no seu marketing, no seu atendimento e mude quando necessário (sempre com o foco em fazer seu negócio dar certo).

Nunca se esqueça do seguinte: o caminho para o sucesso não respeita uma linha reta.

Fonte – Saia do Lugar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *