Postura

Você sabe que uma grande parte das vendas perdidas é devido à postura profissional exercida no momento. Muitas vezes o negócio não se repete devido a falta de clareza do fornecedor, agenciador e vendedor. Os truques são os mais variados possível na tentativa de realizar o negócio, só que muitas vezes esquecem que o importante não é realizar a primeira venda e sim transformá-la em vários negócios futuros. Nessa caso podemos classificar de parceria.

A cada dia os clientes são agredidos pelas pessoas que estão trabalhando no lugar errado. Mentir e empurrar os problemas com a barriga são as reclamações e observações mais freqüentes que observamos no dia-a-dia. Certa vez em São Luiz, no Maranhão, eu estava na sala de espera aguardando para ser atendido pelo cliente (era uma entrevista de vendas). Observei a atendente ou secretária do cliente conversando com uma pessoa ao telefone e na frente de todos que estavam naquela hora: – nunca mais eu compro na loja… depois de ter comprado uma TV, uma semana depois, apresentou defeito, fui na loja umas 15 vezes, sempre colocaram a culpa na assistência técnica, eu fiquei com a TV quase um mês no prego. (É importante que se diga, a loja a qual se referia a moça é uma das maiores do estado). Vejamos:

a. É responsabilidade também da loja que vendeu o produto tentar e acompanhar a cliente na busca de resolver o problema.

b. O vendedor no momento além de informar o endereço da assistência, ligar na frente do cliente informando que a senhora (cliente da loja, está levando um objeto comprado lá com defeito e que gostaria a maior atenção possível.

c. Saber o dia que provavelmente a TV estará consertada.

d. Ligar para a cliente ou passar o assunto para a telemarketing (caso a empresa tenha esse serviço), para verificar o grau de satisfação da cliente junto ao problema resolvido. Em muitos caso o vendedor das lojas sem treinamento e orientação para exercer o cargo, apenas se limita a informar onde a cliente poderá ter seu problema resolvido.

Outro ponto que existe muita reclamação é com planos de saúde, uma tristeza isso no Brasil. Acredito que muita coisa ainda tem que mudar, a começar na clareza na hora que o vendedor for vender os serviço para um cliente, as “letrinhas” dos contratos devem ser maiores e com facilidade para leitura, os nomes técnicos devem aparecer entre parêntesis explicando o que significa para o consumidor não seja enganado. Muitas empresas estão fechando porque são administradas por verdadeiros parasitas, os que só pensam em tirar proveito do consumidor.Com a concorrência a cada dia mais próxima, a globalização, capital externo e empresas de futuro, uma abertura de mercado, só ficará quem enxergar o cliente como um PARCEIRO.  Vendedor é aquele que resolve problemas, empresa que preste é aquela que sabe e gosta de resolver problemas. No momento que tivermos a consciência que estamos aqui para resolver problemas, nossa vida se tornará mais fácil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *