Problemas Com A Equipe No Topo ? O Que Fazer?

No nosso último artigo falamos sobre a importância de uma equipe executiva preparada e os problemas geralmente enfrentados por estas equipes. Sabendo que estas equipes de liderança são formadas na sua maioria por fortes indivíduos que algumas vezes trabalham com objetivos ou propósitos opostos, nossa pergunta é: como você, líder de RH (e geralmente membro deste time de líderes) pode fazer para ajudá-los a trabalhar como uma verdadeira equipe?
A pesquisa publicada pela consultoria McKinssey & Co. apresentada no último artigo aponta algumas estratégias úteis para promover uma efetiva ação, reflexão e coesão dentro destas equipes. Nestes casos muitas ações de treinamento comportamental para melhoria de “Team building” falham porque não falam diretamente às necessidades destas equipes; exercícios vivenciais por exemplo, parecem ser muito superficiais e geralmente não resolvem o problema. Segundo resultados apresentados pela pesquisa, a melhor maneira de trabalhar a performance destes times é replicando a maneira como estes executivos seniors realmente interajem e tomam decisões na vida real.

Outro dado importante é que estas equipes raramente aprendem a melhorar seu desempenho fora do ambiente de trabalho, portanto atividades estruturadas de auto-descoberta e reflexão combinadas com tomadas de decisões em um mundo real durante um certo período de tempo é o que pode proporcionar uma mudança mais significativa no comportamento e no desempenho deste times.

A construção de um Teamwork (Trabalho em Equipe) efetivo é uma questão pragmática que cresce a medida que vemos resultados claros desta interação. O ciclo ação-reflexão, apoiada por melhorias nas decisões, na interação do time e na renovação das relações é o que enriquece e complementa o estilo de trabalho da maioria dos times executivos. Primeiro, este processo empurra-os a cuidar do seu próprio desempenho ao mesmo tempo que permite aplicar as habilidades adquiridas nas ações do dia-a-dia e problemas reais tornando assim o progresso mais visível.

Outro aspecto importante é que o time deve avaliar sua perfomance regularmente e honestamente. Todo time executivo deve dedicar várias sessões por ano para discutir juntos problemas como – tecnologia, pressões políticas e ambientais e temas emergentes da literatura que podem ter pouco impacto nos resultados do próximo trimestre mas que podem mudar os negócios nos próximos 5 anos. Esses times tambem devem explorar os sucessos e fracassos dentro e fora da empresa e aprender com eles, o time deve viajar fisicamente ou intelectualmente fora de suas próprias regiões e industrias para empresas que enfrentam os mesmos desafios e problemas.

Por fim, este time deve prestar muita atenção na consistência da sua liderança, na qualidade de suas interações e na necessidade de renovar-se. Eles devem dedicar boa parte do seu tempo para refletir sobre a real causa dos problemas da empresa descobrindo a melhor maneira deste time trabalhar junto observando assim as lições aprendidas. O profissional de RH tem um papel importante na condução e estruturação deste tipo de intervenção sendo o orientador e catalizador destas atividades, é ele que deve propor as agendas e estruturar as reflexões em cada fase do processo.

Aplicando este tipo de intervenção durante alguns meses você irá notar algumas diferenças na equipe, tais como:
Direção comum – os membros do time serão muito mais explícitos sobre seus papéis, responsabilidades e comportamentos. Será muito mais rápido de se alcançar o consenso entre os membros do time e naturalmente o time estará migrando para tratar de assuntos mais estratégicos.
Interação mais efetiva – Você perceberá que a qualidade dos debates e discussões no time irá aumentar dramaticamente. Os membros poderão aumentar sua exposição ao risco com seus pares, expor suas “agendas escondidas” que não eram compartilhadas no passado, e ter um diálogo mais honesto porque o nível de confiança aumentará substancialmente, e como resultado de tudo isso o nível de criatividade da equipe tambem deve aumentar.
Ações de renovação do time – para que a renovação e melhoria constante aconteça o time deve buscar informações de fontes externas e desenvolver uma variedade de cenários sobre sua industria, para isso deve contar com alguma ajuda externa ou coaching para o time.

Os prêmios destas mudanças na estrutura, no processo decisório e na interação de uma equipe de liderança são claros e evidentes: eles desenvolvem melhores estratégias, desempenham com mais consistência e aumentam a confiança dos funcionários e shareholders em relação as suas decisões.

Aguardo sua contribuição !!!!
Paulo Bolgar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *