Procura-Se Um Apito

Pede-se um voluntário no grupo que deverá sair da sala enquanto a brincadeira é explicada ao grupo.

Explica-se ao grupo que:

O voluntário deverá procurar que membro do grupo tem consigo o apito;

O apito ficará pendurado no pescoço do animador ou de um outro membro do grupo, porém nas costas;

O grupo ficará de pé, em círculo, juntamente com aquele que está com o apito. O portador do apito movimenta-se freqüentemente, possibilitando ao outro membro apitar, sem despertar a atenção do voluntário.

A brincadeira termina quando for descoberto com quem está o apito.

 

Variação

O animador desenha no quadro-negro ou numa cartolina um porco, ou gato ou vaca sem rabo.

A seguir chama um voluntário a quem venda os olhos, munindo-o com um recorte de papel, em forma de rabo.

A tarefa do voluntário consiste em colar o rabo, com os olhos vendados, no seu devido lugar.

Os participantes acompanham a brincadeira com a torcida.

 

Variação

Objetivo:Trabalho em equipe, cumprimento de regras.

O animador fala sobre a suprema verdade, a união dos espíritos, a boa vontade, compreensão.

A seguir, chama 4 pessoas para o centro do grupo.

Usando um objeto qualquer (paletó, pasta, etc.) Pede que cada um segure uma extremidade e executem com exatidão e rapidez as ordens dadas.

O animador dará ordens rápidas, como: abaixar, levantar, para baixo, para cima, para fora, para dentro, etc., fazendo pausas para os presentes rirem do desencontro dos executores das ordens.

Buscar no grupo a importância de se cumprir as regras determinadas para o alcance do objetivo.

Material: Objeto a ser manuseado pelo grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *