Quantos Pratos Você Está Equilibrando?

Tipicamente, o trabalho de um supervisor pode ser comparado ao de um malabarista que equilibra pratos em cima de varetas. Manter um prato rodando é fácil, mas quando você coloca mais pratos e varetas, o malabarista fica enlouquecido, correndo freneticamente para frente e para trás, para impedir que qualquer um dos pratos caia no chão.

Alguns supervisores, por exemplo, percebem que seu tempo é gasto simplesmente equilibrando pratos. Esta loja precisa de mais vendedores, aquela precisa de mais mercadorias, há um cliente insatisfeito que precisa ser acalmado, uma loja tem muitos erros em relação à parte burocrática, outra loja está com o quadro de pessoal desfalcado, pois alguém ficou doente e, ainda, outra tem um problema de furto interno.

Os supervisores podem se deparar com todos esses problemas em um único dia, tentar resolvê-los e acabar não solucionando nenhum deles. O dia seguinte pode trazer um novo conjunto de problemas para ser acumulado na pilha dos que já existem. É fácil perceber como os supervisores podem ser absorvidos pelos problemas do dia a dia, perder o foco e não saber exatamente qual é a sua função. Quanto maior o caos, mais o supervisor tentará encontrar soluções para solucioná-los.

A supervisão é um processo de eliminação do caos, para que a ordem possa ser alcançada. Nestes casos, uma supervisão proativa é difícil ou improvável até que o caos seja minimizado. Não deixe os problemas acumularem, enfrente-os para que o andamento de sua loja seja bem-sucedido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *