Saber Decidir

Uma amiga começou num emprego novo. Novinho em folha. Ficou emocionada e feliz. No terceiro dia, eu a encontrei, e ela já tinha uma meia dúzia de decepções.

Perguntei, e aí, o emprego novo? Ah, tem cada uma. Tem trabalho para ser feito, e o pessoal não ta nem aí. Fez fez não fez fizesse! Duas pessoas já vieram me contar das brigas de poder … Duas gerentes que fazem de conta que se dão bem, mas uma vive puxando o tapete da outra.

Ah, e me disseram que se não vender não fica. E olha, vender la é difícil, vai precisar de muita sorte!

Fiquei impressionado. As empresas são extensões naturais da vida. É vida em funcionamento. É incrível como as energias do mal, as forças da acomodação estão permanentemente em luta com a virtude do progresso, da construção.

Perguntei à minha amiga: essa empresa já tem vários anos, não? Sim disse ela. Tem conquistado êxitos, resultados, não? Sim, tem crescido, ampliado os empregos, é internacional … Essa empresa escolheu você, dentre vários candidatos, não? Sim disputei a vaga com muitos… e perguntei: quem escolheu você foi alguma dessas pessoas que veio mostrar o lado defeituoso da organização? Não, disse ela. Você acha que uma delas escolheria você? Nunca!

Pois então: presta atenção em quem te escolheu… Agora que você foi escolhida cabe a você escolher, ou você pega o melhor da empresa e joga fora o que não presta, ou você pega o que não presta e joga fora o melhor.

A escolha é sua… igual a vida … caia na real e aprenda a decidir!   José Luis Tejon – www.tejon.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *