Sobre Seu Filme Preferido!

1

Qual é seu filme preferido? Quantas vezes você já assistiu? Do que você mais gosta na personagem principal? Tem alguma característica específica ou é o jeito com que ela se comporta durante todo o filme? É uma história real ou fictícia?

Independentemente das respostas que você deu acima, estou quase que totalmente certa de que o que mais te encanta e o que mais te prende no enredo dessa história, seja real ou não, é a determinação ou a resiliência contidas nas atitudes e nas escolhas dos principais envolvidos.

É a capacidade que eles têm de, diante da adversidade, persistir e encontrar a melhor resposta, a melhor saída. É a evolução e o amadurecimento deles no decorrer dos acontecimentos. É a fé, a coragem e, arrisco dizer, até alguma (ou muita) dor que eles sentem em determinados momentos.

Sim, porque é disso que é feita a vida! De dinâmicas pessoais. De personalidades se construindo. De crenças e valores fortes. Da busca pela felicidade. Da superação. E, arrisco de novo, quanto maior for a dor experimentada, maiores serão a alegria e a sensação de gratidão no momento da vitória.

O que quero dizer com isso? Bem, é que não consigo entender por que tantas pessoas ainda desejam viver uma vida sem desafios, sem dor, sem medos, sem motivos para se superar se é justamente tudo isso que confere à história de cada uma a beleza, a emoção e as maiores oportunidades de crescimento?

Por que você ainda insiste em acreditar que seria possível e até interessante viver uma vida morna ou perfeita? Sem graça ou sem problemas? Isso definitivamente não existe. E se existisse, nos levaria ao tédio absoluto. À estagnação completa. Ao caos dentro de nós mesmos.

Por isso, em vez de passar seus dias reclamando das relações que não deram certo, das tentativas fracassadas ou das investidas que ainda não tiveram o final feliz que você tanto deseja, imagine-se protagonista de um filme campeão de bilheterias. Imagine-se indicado ao Oscar de melhor amante, melhor vivente, melhor superador de obstáculos do ano!

Faça sua vida valer a pena não se sentando no sofá e se lamentando. Não acreditando que só é feliz quem nunca sofre. Não desejando, de um jeito infantil e covarde, uma vidinha perfeitinha e absolutamente incompatível com a natureza humana de um guerreiro de verdade. Não!

Faça sua vida valer a pena se jogando nas experiências. Acreditando que você é capaz de lidar com tudo o que surgir no seu coração e diante dos seus olhos. Apostando que você é não só a personagem principal de sua história, mas também o diretor – aquele que transforma o enredo que vier numa sequência de escolhas e ações capaz de tirar o fôlego de quem estiver te observando!

E para isso, tudo o que você precisa é se preparar. Abrir a mente, a alma e o coração. Buscar seus recursos internos. Treinar o melhor que existe em você. E, por fim, viver um dia de cada vez. Uma cena de cada vez. Para que o amor seja sentido não só no final, mas a cada ato consumado.                     Rosana Braga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *