Sofrer Pra Que?

Olha, fui perceber que existe gente conformada com a dor e com o sofrimento, quando ouvi depoimentos de pessoas que despertaram ao ouvir outras pessoas contar sobre a felicidade em que viviam. Quando essas pessoas ouviam falar da felicidade, da paz, da saúde, da harmonia no lar, nas finanças, no relacionamento, a primeira reação é desacreditar, porque ela está tão acostumada a ouvir falar sobre desgraças, crimes, miséria, doenças, separações, gente que literalmente não dá certo, que ao ouvir alguém falar sobre uma vida feliz e abundante em todos os aspectos, ela desacredita, torce o nariz, até que começa a raciocinar…
Nós temos um cérebro dentro da nossa cachola que as vezes nós nos esquecemos dele. Agimos mais pelo impulso, pela emoção e esquecemos da razão, da força do “pensar”, da libertação que a inteligência nos dá. A pessoa se acomoda ao comparar a sua vida com quem está em pior situação e ai entra aquelas frases:
– Graças a Deus temos essa casinha para morar, muitos estão na rua nesta hora.(As vezes quem está na rua está mais seguro e mais seco do que a pessoa naquela casa que chove mais dentro que fora)
– Ainda bem que tenho a minha família, tem tanta gente sozinha. (E na família só brigas, desavenças, alcoolismo, etc).
– Graças a Deus que estou trabalhando, mesmo com esse salário miserável, quantos estão desempregados…
E assim, come esses pensamentos, as pessoas vão se conformando com a situação, com a dor, com a miséria, e quase sempre, colocam Deus como co-autor, co-responsável, quando não, o próprio responsável pela vida miserável que levam, esquecendo-se de lutar, de buscar crescer, de estudar, de se revoltar contra as injustiças, sofrimentos e dores, ficando apenas na comparação e na lamentação. Já disse uma vez, e repito, se chorar adiantasse, a maternidade seria o lugar mais feliz do mundo e o hospital seria hotel de luxo. A vida pede mais, muito mais, pede luta incessante, pede o uso da razão em primeiro lugar, pede menos lamentação e mais ação. Ou você vira um trator e passa por cima dos obstáculos, ou você vai ser sempre a terra que é esmagada para dar aos outros a oportunidade de passar e ser feliz. Você merece ser feliz em todos os sentidos. Desperte para essa verdade e mude tudo, não aceite as migalhas, peça a sua parte no bife, e de preferência, que seja de filé mignom. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *