A Vida Como Ela É: Advogado Pobre

O que é ser pobre pra você?

Não ter dinheiro? Viver buscando um concurso público ou uma empresa para garantir o fixo do escritório? Imaginar ter um carro de luxo e férias na Europa e na verdade andar com carro antigo que estraga e férias em Cidreira?

Isto não é pobreza, isto são sintomas.

Sintomas de pessoas bolsa família, que querem ganhar sem trabalhar.

Óbvio, ululante, diáfano e cristalino que nem todos que trabalham ganham adequadamente. Existe injustiça, existe mazelas sociais.

Contudo, fazer da sua vida uma obra do destino é demais. Quem escreve a sua história é você e não os outros. Oportunidades? Existem, aos montes. Não são para todos, pois muitos não estão preparados.

Muitos, aliás, acham lindo ver que o fulano ou beltrano tem dinheiro e ficam pelos cantos: Olha como ele tem carro do ano, olha como ele cresceu, olha como ele tem dinheiro…

Vão se catar!

Ter dinheiro no Brasil é sinônimo de ser desonesto. Um absurdo!

Assim como existem ricos desonestos, existem pobres que tentam passar golpes. Generalizar que todos que tem dinheiro são corruptos é burrice, pois todo pobre quer ser rico.

Então, você que se considera um advogado pobre, comece a rever os seus conceitos.

Se está sem condições financeiras adequadas, pense no que anda fazendo para mudar esta situação.

Eu disse o que anda fazendo. Não é trabalhando. Trabalhar é parte do dia a dia, não muda situação de ninguém.

Quer mudar?

Vai ter que trabalhar e ainda criar tempo para planejar, executar e monitorar o seu projeto de crescimento.

Ninguém cresce trabalhando apenas 8 horas por dia. Isto é básico. E tem gente ainda que defende trabalhar menos de 8 horas por dia. Estes vão ser eternos bolsa família, empregados por um salário de fome que aumenta vez ou outra um pouquinho. Pessoas mão de obra e ponto final.

Pare de reclamar e vá ser criativo, vá trabalhar em projetos de conquista de clientes, vá buscar tempo para investir na sua carreira.

Não tem tempo? Isto é balela furada de perdedor. Sempre há tempo. Ao invés de perder tempo com jornais televisivos comprados por grandes grupos econômicos e novelas que mais dão azo a putaria e perda de valores importantes – como o da família -, aproveite este tempo para criar o seu plano de ação, para fazer contatos, mandar emails, fuçar em redes sociais atrás de bons parceiros, enfim, vá a luta.

Advogado pobre?

Se ficar o dia todo com a bunda na cadeira, realmente.

Se ficar trabalhando unicamente em cima de processos, também.

Se ficar esperando as coisas acontecerem, idem.

Quer mudar de situação e ser rico?

Estude.

Planeje.

Execute o planejamento.

Monitore.

Faça contatos.

Agora, não faça a confusão de ser rico e ter dinheiro.

Ser rico é ter todas as ferramentas para crescer profissionalmente e consequentemente ter dinheiro.

Ter apenas dinheiro é ser pobre, pois o dinheiro vai e vem, mas a sua essência permanece.

Mesmo um punhado de merda com muito dinheiro no meio continua sendo um punhado de merda e você vai querer tirar o dinheiro da merda, sendo que a merda, que é a essência, vai continuar sendo merda e sem dinheiro.

A vida como ela é: Sem essência, sem dinheiro. Sem mudança, sem retorno. Sem diferenciais, sem resultado.

Advogado pobre? Falta essência, mudança ou diferencial? Você decide.

Artigo escrito por Gustavo Rocha
Sócio da GestãoAdvBr – Consultoria em Gestão e Tecnologia Estratégicas
www.gestao.adv.br |Contato integrado: gustavo@gestao.adv.br [Email, Skype, Gtalk, Twitter, LinkedIn, Facebook]