Tempo, Prioridades E Disciplina

“Na adversidade conhecemos os recursos de que dispomos.”. (Horácio)

Não raro nos perguntamos se aquilo que fazemos, é o suficiente ou o melhor que podemos oferecer às empresas para as quais trabalhamos. Também costumamos esquecer outro lado: oferecemos o suficiente ou o melhor à nossa vida pessoal, à nossas famílias?

A ‘máscara profissional’ nos segue em nossa vida familiar, pessoal e social. Isso fica claro nos dias de descanso, nas férias, nos feriados, na faculdade, até durante o sono, quando nosso o pensamento ‘voa’ até a empresa.

Claro, o comprometimento com o trabalho é essencial para nos sentirmos úteis, reconhecidos, estimados, valorizados. O outro lado da moeda é levar esse mesmo comprometimento para os demais papéis que exercemos.

Existe uma ‘desculpa’ comum para que esse ‘outro lado’ não aconteça: a falta de tempo. Pare e reflita por alguns instantes sobre as afirmativas abaixo. Veja se alguma delas apareceu recentemente em sua vida:

Acompanhar a lição de casa dos filhos é tarefa cada vez mais rara.

E quase uma guerra encontrar tempo para levar meus filhos ao cinema de vez em quando.

Os amigos das crianças frequentam minha casa… mas eu não os conheço.

O último ‘check up’ que fiz foi…. há muito tempo!.

Consultas ao médico ou dentista? Cancelo constantemente.

Meus amigos já não me convidam mais para sair. Acho que se cansaram de tantos ‘nãos’.

Minhas horas de sono estão se reduzindo paulatinamente. Além disso, já não descanso tanto enquanto durmo.

Será que sua administração de tempo está precisando de um pouco de disciplina? O que me diz sobre as prioridades, as importâncias da sua vida?

Por vezes é preciso largar tudo para realizar determinadas coisas, igualmente ou mais importantes que as anteriores.

Vida familiar também é prioridade. Vida pessoal é essencial.

Resolva. Agora é a hora!             Izabel Failde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *