Tipos E Categorias De Jogos I

Seção “Entendendo os Jogos” da edição 2 do ano I da Revista Jogos Cooperativos.

Algumas pessoas mostram-se um tanto confusas quando falamos sobre os Jogos Cooperativos, elas não conseguem entender como pode haver um jogo onde não há vencedor e que mesmo assim seja motivante.

Segundo Orlick “o principal objetivo do Jogo Cooperativo é criar oportunidades para o aprendizado cooperativo e a interação cooperativa prazeirosa.”

Em seu livro, ‘Vencendo a Competição’ – Orlick, classifica o Jogo Cooperativo em categorias, onde se pratica a cooperação em todas elas, porém em diferentes graus. Dentro dessa ótica teríamos: O Jogo Cooperativo sem perdedores, Jogos de resultado Coletivo, Jogo de inversão, Jogos Semicooperativos.

Mas como funcionam essas categorias dos jogos?

Vamos ter aqui uma pincelada sobre cada uma delas.

Jogos Cooperativos sem perdedores

Nesses jogos normalmente não se têm perdedores, todas as pessoas jogam juntas para superar um desafio comum.

Jogos Cooperativos de Resultado Coletivo

São formadas duas ou mais equipes que incorporam o conceito de trabalho coletivo por um objetivo ou resultado comum a todos, sem que haja competição entre os times que necessitam de alto grau de cooperação entre si, assim como, cooperar coletivamente com os outros times para alcançar a meta.

Jogo de Inversão

Esses jogos quebram o padrão de times fixos e conseqüentemente mexem com a questão: Quem venceu? Trazem o prazer pelo jogo e não pela vitória.

Existem vários tipos de inversão o dependendo do tipo de jogo e das regras. Por exemplo:

Rodízio: Os jogadores trocam de times em determinados momentos, no final do lance, do saque ou arremesso, por exemplo.

Inversão do “Goleador”: Quem faz ponto muda de time.

Inversão do placar: Os pontos são marcados para o outro time.

Inversão Total: Tanto quem faz ponto quanto os pontos passam para o outro time.

Jogos Semicooperativos

Esses jogos favorecem o aumento da cooperação no grupo e oferecem as mesmas oportunidades de jogar para todas as pessoas do time. Os times continuam jogando um contra o outro mas a importância do resultado é diminuída, a ênfase passa a ser o envolvimento ativo no jogo e a diversão.

Todos jogam: Com times pequenos, procura-se fazer com que todos participem e joguem o mesmo tempo.

Todos tocam/todos passam: Antes de tentar o ponto a bola precisa passar por todos os jogadores do time.

Todos marcam ponto: Para vencer o jogo cada jogador do time precisa ter marcado ponto pelo menos uma vez.

Passe misto: jogado com homens e mulheres onde a bola precisa passar alternadamente por homens e mulheres.

Resultado misto: Jogo com times mistos onde os pontos são marcados alternadamente por homens e mulheres.

Todas as posições: Todos os jogadores passam por todas as posições do jogo.

Orlick, relata que os Jogos Cooperativos sem perdedores, os de Resultado Coletivo e os de Inversão são prontamente aceitos pela maioria dos grupos etários, enquanto os jogos de resultado coletivo não o são, especialmente em seus estágios iniciais de introdução. Por isso um importante ponto a se ter em mente ao se introduzir quaisquer atividades cooperativas é adaptar a tarefa para que apresente um desafio apropriado ao grupo e as pessoas.     Bom jogo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *