Trabalho: Como Não Perder O Pique Na Volta Das Férias?

FullSizeRender

É complicado acordar cedo depois de se acostumar a dormir e despertar tarde durante quinze dias ou um mês. Depois disso, é difícil chegar no trabalho e conter a empolgação de contar tudo o que aconteceu nas férias para os colegas. Mais difícil ainda é se acostumar a um novo ritmo: ligações, e-mails, reuniões, contatos pessoais, enquanto tudo o que você fazia nas suas férias era relaxar.

A cabeça ainda está na praia, no campo, em outro país, enquanto o corpo está totalmente relaxado. Mas é preciso manter o pique na chegada ao trabalho, depois de um período longo de férias, para poder marcar território. “Quando você está de férias, precisa de três, quatro dias para se desconectar do trabalho. Quando volta, ainda tem a sensação de que está de férias”, afirmou o consultor do IDORT, David Carlessi.

Se foram férias coletivas, não há tanto problema, pois a equipe inteira passará pelo processo de readaptação. Agora, quando é apenas um profissional que sai de férias, e os assuntos continuam em andamento, a situação requer um pouco mais de empenho por parte do funcionário.

Orientações
Para que você volte com pique das férias, confira abaixo as orientações do consultor:

• É preciso um período de readaptação, mesmo porque a pessoa terá muitos e-mails para responder e a demanda inicial será muito grande. “A primeira coisa que ela tem que fazer é ver o que é prioridade, para dar mais resultado”;

• É totalmente indicado que se faça reuniões com os clientes internos e com a equipe, para se inteirar das novidades;

• É importante, se estiver viajando, voltar alguns dias antes para saber o que está acontecendo no mercado em que atua. “Se volta a trabalhar na segunda, é bom voltar de viagem no sábado, para se informar do que está acontecendo no trabalho”, orientou Carlessi;

• Em raras exceções, não perca o contato com o mundo. Se mantenha informado!

Liderança

Se o perfil do líder é o de uma pessoa centralizadora, que não delega, com certeza terá mais dificuldades na volta das férias, uma vez que terá de tomar diversas decisões. Neste caso, é melhor voltar com mais pique ainda, tentando se informar ao máximo sobre o que acontece durante a ausência.

Por outro lado, existe um perfil de líder que delega mais e este terá uma carga inicial menor, e poderá retomar suas atividades com mais facilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *