Tristezas Não Resolvem Os Problemas

3

Está tudo bem com você?

Bem, se ainda não estiver tudo bem, que tal fazer algo para que fique melhor? Combinado?

Quero expor alguns motivos e exemplos de que as tristezas podem aparecer em nossa vida. Mas elas não pagam nossas dívidas, nem resolvem nossos problemas.

Situações ruins são possíveis de acontecerem a qualquer momento e a qualquer pessoa. Mas precisamos aprender a reagir de alguma maneira e de forma positiva.

Que tal mais uma historinha inspiradora, desta vez sobre o tema de hoje, para esclarecer?

Quem me mandou esta história foi uma colega professora, chamada Ana Luiza. Ela dizia: Certa vez uma garota de aproximadamente 7 anos caminhava descalço por uma rua próxima à sua casa, chupando um picolé num palito.

Naquela época picolé era um artigo raro. De repente, um grupo de garotos, um pouco mais velhos passou correndo pela esquina, derrubando a pequena na correria e seu picolé caiu no chão se espatifando completamente.

A menina sentou-se no chão de olhos bem arregalados, olhando para aquela tragédia, que resultou do atropelamento causado pelos meninos. Não sabia o que dizer. Só uma tristeza muito grande tomava conta dela.

Naquele momento uma Senhora idosa que caminhava pela rua, se aproximou da menina e lhe falou:

– Bem, minha pequena, o pior que podia haver, aconteceu a você. Mas levante-se, que eu vou lhe mostrar uma coisa.

A garotinha então se ergueu.

– Agora ponha seu pé direito em cima do picolé, pise com força, e repare como ele se esguicha entre os dedos do seu pé.

A menina então pisou com força no picolé que estava no chão, e este espirrou entre os dedos do pé. Aquela simpática Senhora riu e disse:

– Aposto que não há nenhuma outra criança nesta cidade que já tenha coçado os dedos do pé com sorvete. Agora vá correndo para sua casa e conte para sua mamãe como foi divertida esta experiência.

E, lembre-se: por pior que seja uma coisa que lhe aconteça nesta vida, você pode se divertir quase sempre à custa dela!

Nunca se soube quem era aquela Senhora, mas nunca mais a garotinha esqueceu o que a senhora fez por uma menina triste.

Por toda sua vida, lembrava que as piores coisas lhe aconteceram desde então, e as palavras daquela senhora voltam à sua memória.

Quero que fique para você também, esta lição.

É mesmo bobagem levar tudo muito a sério, a grande e esmagadora maioria das tristezas dessa vida. Elas não resolvem nossos problemas e nem pagam nossas contas.

Sorria um pouco hoje. Sigmundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *