Vendas: Sucesso ou Sorte?

A parcela de sorte que acredito na vida é que o universo conspira a favor de quem acredita em trabalho e em quem é motivado pela vida. A sorte como sentido loteria não existe . O que existe de verdade é um trabalho bem executado.
Não existe mercado parado… Existe gente parada. O sucesso só existe para quem acredita nele, aposta nele, mas trabalha por ele.
Não acredito que exista uma “fórmula” para alcançar o sucesso na profissão de vendas. Acredito que o sucesso ocorre para quem está preparado. No meu livro “No Topo do Mundo” escrevi que quando alguém bater à sua porta, convide para jantar.
Quando você convida alguém para jantar em sua casa, você prepara a melhor comida, coloca a melhor toalha, se tiver, oferece o talher de prata, a porcelana, o cristal, isto é, você se prepara. O sucesso também é assim, só bate na porta daqueles que estão preparados para convidá-lo para uma boa refeição.
Será que existem vendedores que têm mais sorte que outros? Ou será que existe apenas oportunismo de alguns vendedores? Penso que existe de verdade o oportunismo, mas isso tem mais a ver com quem tem foco do que outra coisa.
Estar atento ao mercado faz a diferença e ter iniciativa para estar presente quando as coisas acontecerem é que irá ditar o sucesso. Charles Revlon, fundador da famosa marca de cosméticos disse: “Nas fábricas nós produzimos cosméticos, nas lojas nós vendemos esperança”. Isso é foco.
Um profissional de vendas acredita sempre que está ali para vender, portanto vai vender. É alguém motivado, que planeja tudo, o roteiro, a visita, as informações sobre os produtos, a concorrência e jamais sai do foco. Ele sabe por que está ali.
Sam Walton, fundador da rede Wal-Mart, atualmente a maior empresa do mundo com faturamento de 300 bilhões de dólares disse em plena crise americana: “Ouvi falar muito ultimamente de uma tal recessão. Fiz uma reunião com minha diretoria e resolvemos não participar”. Isso é ser vendedor. Isso é ser líder.
Vejo muitos equívocos nas empresas que promovem o melhor vendedor a gerente. Não que isso não possa acontecer, mas em muitos casos perde-se o melhor vendedor e se ganha o pior gerente. São duas profissões distintas. Uma realiza e outra motiva outros a realizar, depende de sua ação e de outras pessoas.
Vivemos num mundo cheio de sonhos, esperanças e novos desafios. Desafios extraordinários produzem pessoas extraordinárias. Não se pode ficar parado contando apenas com a sorte. Este é o teor do meu livro publicado pela Editora Gente “Sua vida não é uma questão de sorte”.
O caminho é agir com determinação, traçar objetivos, estabelecer metas e adotar atitudes empreendedoras. Você terá uma idéia para construir um futuro sadio sem sacrificar o melhor momento de sua vida, o presente. O que você está esperando? O sucesso e a qualidade de vida são das pessoas que fazem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *