Você Está Escutando?

Obj: Trabalhar a importância de perceber o outro, valorizando-a

Proc: Formar duplas e numerar os alunos com números 1 e 2, aleatoriamente.

Unir todos os alunos nº 1 e nº 2, separadamente. Para o nº 1 dar a seguinte instrução: – você irá contar uma história ao seu par. Pode escolher uma história real da sua própria vida ou criar algo. Mas a sua tarefa é contar essa história ao seu parceiro do começo ao fim e certificar-se de que ele compreendeu bem o que você contou.

Para o nº2 e dar-lhes instruções individuais, pois cada um deles desempenhará um papel diferente em sua dupla.  Todos os papéis têm o objetivo de interferir na comunicação, dificultando-a.  Sugestões:

– Dê palpites sem ser solicitado durante o relato do seu parceiro.

– Interrompa freqüentemente seu par, impedindo-o de chegar ao fim de sua história.

– Mude de assunto várias vezes durante o relato do seu par.

-não responda, nem pergunte nada durante todo o relato.

-peça contentemente ao outro que repita o que acabou de falar.

-procure contar uma história melhor do que a que o seu par está contando.

-observe o resto da sala enquanto o seu par está falando.

-ria e ache graça quando seu par falar sério.

-faça perguntas sobre todos os detalhes da história.

Todas as duplas cumpre o que foi proposto ao mesmo tempo. O coordenador observa o grupo e determina o final da atividade ao perceber que a maioria das duplas concluiu a tarefa ou já se encontra suficientemente mobilizada. Abrir plenário para que cada dupla exponha para o grupo o que aconteceu durante a execução da atividade e como está se sentindo. Pedir que falem primeiro todos os alunos de número 1.

O coordenador deve certificar-se de que os alunos estão expressando realmente o que sentiram enquanto contavam a própria história. Dar a palavra aos alunos 2 solicitando que falem inicialmente sobre os sentimentos, se foi fácil ou não desempenhar o seu papel e por quê, para só enato relatar para os eu par e para o grupo a instrução recebida.

Depois de explorar os comentários sobre a atividade, ampliar a discussão para os seguintes pontos:

– como você se sente quando alguém não escuta você?

– é difícil para você escutar o outro? E falar de si?

– que atitudes no outro facilitam a sua expressão?

Concluir falando da importância do saber ouvir, mostrando que o respeito e a atenção dedicadas ao outro são a chave para uma boa comunicação.

Comentários:

Uma alternativa na forma de execução da tarefa pode ser, em vez de pedir a todas as duplas que realizem a tarefa ao mesmo tempo, solicitar que cada dupla se apresente para o grupão.  Esta alternativa pode ser utilizada em grupos menores, pois em grupo maiores corre-se o risco de se tornar cansativa e dispersar a atenção dos alunos.

Trabalha-se as questões relativas à comunicação e mobiliza conteúdos dos alunos referentes ao ouvir, falar e ser escutado, delicadeza no trato, auto-estima… O coordenador deve estar atento ao emergir dos conteúdos, sendo necessário focalizar, ao final da atividade, os pontos que foram mais fortes no grupo.

 

Reflexão e de aprofundamento

Algumas dinâmicas servem para expressarmos e refletirmos sobre um tema ou problema relacionado com o propósito do encontro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *