Você Sabe Trabalhar Em Equipe E Delegar Atividades?

Sempre que puder, delegue atividades. Não apenas as tarefas mas maçantes, mas aquelas que possam desenvolver algumas habilidades de seus subordinados. Quando bem dirigido, o funcionárioSempre que puder, delegue atividades. Não apenas as tarefas mas maçantes, mas aquelas que possam desenvolver algumas habilidades de seus subordinados. Quando bem dirigido, o funcionário poderá ser prestigiado, com liberdade e autonomia para solucionar alguns problemas. Observe, coordene, acima de tudo deixe que a pessoa faça sozinha!

– Veja de perto o que sua empresa está fazendo, visitando todos os setores da empresa. A intenção não é verificar quem está fazendo algo de errado, mas estar por dentro do que acontece, analisar como anda o ânimo dos funcionários, se a casa funciona conforme a sua orientação. Se você tem uma telefonista na central de informações, ligue como se fosse um cliente e observe como é o atendimento. Saiba se seus funcionários espelham a sua atitude quando você não está presente.

– Cobre resultados e comemore as vitórias. Trace metas desafiadoras, mas possíveis de serem cumpridas. Ao alcançar o objetivo, divida os louros com a sua equipe. Reconheça o esforço de todos com uma compensação material, um benefício e, ainda, um agradecimento. Sim! Diga “muito obrigado” a seus funcionários.

– Valorize quem quer crescer. Ajude os funcionários que têm interesse em terminar os estudos, aprender outro idioma ou fazer cursos de aperfeiçoamento. Se possível, traga o reconhecimento até o local de trabalho, por meio de livros e revistas atualizadas, palestras e cursos com assuntos relevantes.

– Lembre-se do aniversário do seu funcionário. Outras datas como Natal e Páscoa também são importantes para que ele saiba que você se preocupa com o seu estado de espírito.

– Administrar bem uma equipe exige dois elementos: força e carisma. A força é a autoridade formal, enquanto o carisma é autoridade conquistada. Se a credibilidade desaparecer, o carisma se irá com ela, deixando a força como único instrumento de influência. Tome cuidado, portanto, com o exemplo que você dá na sua empresa. Seja um líder inovador, que apóia e orienta pessoas, incentiva as boas atitudes e aponta erros sem magoar ou humilhar ninguém.

– Escolha, treine a melhor equipe do seu mercado e a torne cada vez melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *